FVM Learning

Nosso maior compromisso é compartilhar conhecimentos, somos simples mas não simplórios, astuto mas não pacóvio, nos posicionamos empenhados em mostrar o caminho para desmistificação do opróbrio em legítima defesa do conhecimento compartilhado. Eng. Jemerson Marques.

terça-feira, 26 de maio de 2020

Projeto Super Fonte 1.25V à 130V e 0.2 à 5 Amperes com CI LM723 + PCI - 1° Parte

Projeto Super Fonte 1.25V à 130V e 0.2 à 5 Amperes com CI LM723 + PCI - 1° Parte

Olá a Todos!!!

Fig. 1 - Projeto Fonte Alimentação variável 130V 5A FVML
No Post de hoje, iremos dar início a um projeto fantástico de uma Fonte de Alimentação para Bancada, que tem a capacidade de fornecer uma tensão ajustável entre 1.25 à 130V DC, com uma corrente que varia entre alguns miliamperes à 5 Amperes. Iremos utilizar o velho e conhecido LM723 ou uA723 em configuração Floating Regulator, que em uma tradução livre, seria; Regulador Flutuante.
Mas, para entendermos o significado de Regulador Flutuante, temos primeiro que conhecer o LM723.

O LM723 é um regulador de tensão de alta precisão programável, montado em encapsulamento plástica dupla em linha de 14 derivações. O circuito fornece limitação de corrente interna. Quando a corrente de saída exceder 150 mA, um elemento externo NPN ou PNP pode ser usado. São feitas provisões para limitação de corrente ajustável e desligamento remoto. O diagrama de bloco esquemático do Circuito Integrado está descrito na figura 2 abaixo.
Fig. 2 - Diagrama de bloco Circuito Integrado LM723
Como é de conhecimento da maioria, os circuitos reguladores de tensão variáveis, em geral só conseguem variar sua tensão de saída com valores entre 1.25 à 37v, com exceção de alguns reguladores especiais, que variam sua tensão a mais que o padrão, aqui mesmo no nosso site FVML, temos alguns circuitos com reguladores especiais, é só você seguir a Tag lateral em fonte de alimentação. 
No caso do LM723 não é diferente,  a tensão de entrada tem um limite de até 40V, e sua tensão de variação fica entre 2V à 37V na saída. 
Mas... para conseguirmos variar uma tensão de alimentação maior que os 37V? Para isso utilizaremos a configuração do tipo Floating Regulator, isso significa que é feita a alimentação do Circuito Integrado com uma fonte, e a alimentação da saída regulável com outra fonte, e é aí onde acontece a mágica, uma tensão independente da tensão que alimenta o Circuito Integrado, ficando assim, com uma alta tensão independente regulada na saída.

O diagrama esquemático do nosso Projeto, foi baseado no Datasheet do fabricante, Texas Instruments, com algumas pequenas modificações. O circuito sugerido pelo fabricante é o que mostrado na figura 3 abaixo. Ele não oferta nenhum controle de corrente ajustável, o que se tem é o circuito de proteção contra curto, ou alta corrente, formado pelo resistor R5 de 1 ohms.
Fig. 3 - Diagrama Esquemático Fonte Alimentação Floating com LM723

E o que fizemos foi algumas alterações no circuito para adequar as nossas necessidade, e a primeira foi estudar uma maneira de fazer com que tivéssemos um controle de corrente na saída, adicionando um potenciômetro Linear em conjunto com um resistor para executar essa tarefa, também não estamos utilizando o diodo Zener, pois a fonte que estamos utilizando é independente e estabilizada, "estamos utilizando uma de notebook", fizemos umas alterações nos resistores divisores de tensão para chegarmos a um valor que precisaremos, também separamos a fonte de alimentação, no circuito apresentado no datasheet, no datasheet existe uma única fonte de alimentação, preferimos separá-los, devido a alta tensão que estamos trabalhando, teríamos que modificar o resistor "R5 de 200R"  e colocar um com maior capacidade, e obviamente ele estaria consumindo toda tensão limitado pelo diodo Zener, e isso significa que o resistor teria que ter uma boa potência, para alimentar o circuito, e consumiria uma corrente contínua sem mesmo você está usando a fonte. Na figura 4 podemos ver o circuito com as alterações que fizemos.
Fig. 4 - Projeto Super Fonte Alimentação 130V  5A com LM723
Adicionamos uma etapa de potência seguido de um transistor drive (BD139) e dois transistores de potência (2SC5200), isso para poder suportar a corrente de 5 Amperes,  Executamos primeiro a montagem em uma Protoboard, testamos, e os resultados foram satisfatórios, só será necessário recalcularmos o controle de corrente, é necessário que ele seja mais preciso iniciando, como sugere a descrição do título do nosso Post, 0,2 à 5 Amperes, esses testes estão disponível no vídeo que fizemos em nosso canal no YouTube, você pode está visualizando no final desse Post. Os testes que fizemos, mostra que iniciamos com uma tensão de entrada de 67V, e deu tudo certo, conseguimos alimentar um motor pequeno de aproximadamente 1 Ampere até 24V, e depois alimentamos dois resistores de 75W de potência e com resistências diferentes em paralelo, um foi de 250 ohms, e  o outro foi de 150 ohms, pela qual utilizando o método de equivalência de resistores para descobrirmos a resistência dos dois resistores em paralelo, seguindo a formula como ilustrado na figura 5 abaixo:
Fig. 5 - Formula resistência equivalente
Fig. 5 - Formula resistência equivalente FVML
O que nos deu uma resistência de 93,75 ohms com 150W de potência, bem com essa resistência podemos facilmente fazer os testes em nossa fonte.

OBS.: Tenha bastante atenção ao ligar as fontes, não ligue a fonte Primária, a que alimenta o Circuito Integrado, sem ligar também a fonte Secundária, a que gera a tensão de saída, pois estamos trabalhando com tensão de regulagem flutuante, isso significa que, se você ligar a fonte Primária e não ligar a fonte Secundária, ele irá aquecer o Circuito Integrado e posteriormente danifica-lo queimá-lo.

Ao conectar a carga, tivemos em uma alimentação de 62V a corrente em cima dos resistores foi de 0.639A, o transistor e a carga aqueceu moderadamente, estava-mos utilizando um único transistor que tinha-mos disponível em nossa bancada, a tensão mínima conseguida foi de 1.1V e a máxima foi de 62V, nessa configuração inicial, com a fonte secundária de 67V. Então iniciamos as modificações para evoluirmos para os 130V.
Para executarmos essa mudança, é necessário mudarmos o resistor divisor de tensão de realimentação conectado ao terra da fonte Secundária e ao potenciômetro em série, no próprio datasheet temos uma tabela que você pode está seguindo, como estamos com uma fonte de 130V, na tabela do datasheet, para essa tensão, é mais ou menos 100K.
Baseado nos testes que fizemos, com o resistor sugerido pelo fabricante não alcançamos os 130V desejado, e a tensão mínima na saída dem 27V, será necessário recalcular esses resistores, com a carga conectada, alcançamos uma corrente de 1.208A, e a tensão máxima foi de 117.6V. A carga esquentou bastante, e o transistor ficou muito quente, não suportaria ficar com essa carga por longo tempo.
A fonte que utilizamos, não aguentou fornecer os 135,9V com uma carga, e manter essa tensão, ela caiu para 121,5V.
No final dos testes alcançamos uma carga de 1.211A multiplicado pela tensão de 117.8V o que nos resultou em uma potência de 142.6W
Na segunda parte desse projeto, estaremos atualizando esse circuito, fazendo novos testes e as devidas modificações para aprimorarmos esse projeto e deixarmos redondinho, tudo funcionando com sua capacidade total. Quando concluirmos todas as etapas desse projeto, estaremos disponibilizando para vocês os diagramas esquemático já com suas devidas modificações, a Layout da PCB, e tudo que for necessário para você também concluir o seu projeto.

Abaixo segue o nosso vídeo de todos os testes que fizemos:

Projeto Super Fonte 1.25V à 130V e 0.2 à 5 Amperes com CI LM723 - 1° Parte



CONTINUA...

E por hoje é só, espero que tenham gostado!!!
Qualquer dúvida, digita nos comentários que logos estaremos respondendo.
Se inscreva no nosso Blog!!! Click aqui - FVM Learning!!!
Forte abraço.

Deus vos Abençoe
Shalom

segunda-feira, 25 de maio de 2020

Carregador de bateria de lítio (Li-Ion) com CI LP2951+ PCI

Carregador de bateria de lítio (Li-Ion) com CI LP2951+ PCI

Olá a todos!!!

No post de hoje, iremos montar um carregador de bateria de íons de lítio  (Li-Ion), o circuito executa um carregamento controlado, e isso representa um vida útil para sua bateria e uma carga completa dando mais autonomia para as baterias, e tudo isso de forma simples, pois os componentes externos são mínimos, devido ao CI ter integrado em seu encapsulamento todos os componentes necessários para executar a tarefa.
LP2951 é regulador de baixa tensão projetados especificamente para manter a regulagem adequada com um diferencial de tensão entre a entrada e a saída extremamente baixo. Esse dispositivo apresenta uma baixa corrente de polarização em repouso 75µA, e é capaz de fornecer corrente de saída superior a 100mA. Também fornece proteção interna contra sobre-corrente e limitação térmica.
O LP2951 possui três recursos adicionais. A primeira é a Saída de erro que pode ser usada para sinalizar circuitos externos de uma condição fora da regulagem ou como um ativador da reinicialização do microprocessador. O segundo recurso permite que a tensão de saída seja predefinida para 5,0 V, 3,3 V ou 3,0 V (dependendo da versão) ou programada de 1,25 V a 29 V. Consiste em um divisor de resistor fixado juntamente com acesso direto a Entrada de erro no feedback do amplificador operacional interno. O terceiro recurso é uma entrada de desligamento que permite que um sinal de nível lógico desligue ou ligue a saída do regulador.
Devido às baixas especificações de diferencial de tensão de entrada para saída e a corrente de polarização, esse dispositivo é ideal para computadores, consumidores e equipamentos industriais alimentados por bateria, onde é desejável uma extensão da vida útil da bateria. O LP2951 está disponível nos encapsulamento de montagem em superfície de oito pinos em linha dupla, SOIC-8 e Micro8. Os dispositivos com sufixo 'A' apresentam uma tolerância de tensão de saída inicial de ± 0,5%.

Recursos

• Disponível encapsulamento Pb-Free
• Corrente de polarização de repouso baixa 75 uA
• Diferencial de tensão de entrada para saída baixa de 50 mV a 100 uA e 380 mV a 100 mA
• Saída de 5,0 V, 3,3 V ou 3,0 V ± 0,5% permite o uso como regulador ou referência
• Regulagem de linha e carga extremamente apertada
• Requer apenas um capacitor de saída 1,0 uF para estabilidade
• Corrente interna e limite térmico
• Prefixo da NCV para aplicações automotivas e outras que exigem alterações no local e no controle
• Saída de erro sinaliza uma condição fora da regulamentação
• Saída programável de 1,25 V a 29 V
• Entrada de desligamento no nível lógico

Na figura 2 abaixo podemos visualizar o diagrama esquemático do carregador de bateria Li-Ion, e o CI LP2951 é responsável por medir o estado da bateria através do divisor de tensão na saída de tensão de carregamento da bateria, e com isso controlá-la para não emitir uma carga não necessária.
O capacitor C1 e C2 serve como um filtro de RF para espúrios parasitas, e o capacitor C3 é para estabilidade do sistema de realimentação Feedback, o potenciômetro P1 de 50K é para ajustar o sistema de acordo com a tensão de funcionamento da célula.
O circuito carregador  de Baterias de íons de lítio pode ser alimentado por uma tensão contínua entre 6 à 10V com uma corrente igual a 1,5 vezes a capacidade das células a serem carregadas.

Quando ligamos a fonte de alimentação no circuito e inserimos a bateria, o CI LP2951 verifica o status de carregamento e, quando detecta uma carga abaixo do programado, ele aciona o carregamento para completar a carga, e depois que a bateria está com a carga completa, o circuito entrar no modo de repouso, ele mantem-se verificando periodicamente o status da bateria e se necessário ele ativa a continuidade do carregamento. 

Lista de Materiais

CI 1 ------------------- Circuito Regulador de Tensão LP2951
R1 --------------------- Resistor 806KΩ 1%  (cinza, preto, azul, laranja, marrom) 
R2 --------------------- Resistor de precisão 2MΩ 1% (vermelho, preto, preto, amarelo, marrom)
C1 --------------------- Capacitor Poliéster / Cerâmico 0,1uF ou 100nF
C1 --------------------- Capacitor Eletrolítico  2.2uF / 16V
C3 --------------------- Capacitor Poliéster / Cerâmico 330pF
P_1 -------------------- Potenciômetro de 50KΩ
B1, B2 ---------------- Bornes para soldar em PCI 2 pinos
Diversos -------------- Placa Circuito Impresso, estanho, fios, etc.

Download:

Estamos dispondo para Download o link com os arquivos para impressão da placa de circuito impresso, são eles: Gerber, PDF layout, tudo isso com link direto para o Mega.
Fig. 3 - Placa de Circuito Impresso Carregador de bateria de Lítio com LP2951
Link DiretoArquivos, Layout PCB, PDF, GERBER

E por hoje é só, espero que tenham gostado!!!
Qualquer dúvida, digita nos comentários que logos estaremos respondendo.
Se inscreva no nosso Blog!!! Click aqui - FVM Learning!!!
Forte abraço.

Deus vos Abençoe
Shalom


domingo, 17 de maio de 2020

Circuito Regulador de Tensão de Alta Precisão com CI TL431 + PCI

Circuito Regulador de Tensão de Alta Precisão com CI TL431 + PCI

Olá a Todos!!!!

No Post de hoje, iremos abordar um componente muito conhecido e bastante utilizado em fontes SMPS principalmente as fontes ATX de PC, "que mais se parece com um transistor" o Circuito Integrado TL431 é um CI de 3 Pinos empregado em fontes de alimentação estabilizada por oferece melhor estabilidade, menor desvio de temperatura (VI (dev)) e menor corrente de referência (Iref) para maior precisão do sistema.
Os dispositivos TL431 é um regulador de derivação ajustável com estabilidade térmica especificada nas faixas de temperatura automotivas, comerciais e militares aplicáveis. A tensão de saída pode ser configurada para qualquer valor entre Vref (aproximadamente 2,5 V) à 36 V, com dois resistores externos. Esses dispositivos têm uma impedância de saída típica de 0,2 Ω.
O circuito de saída ativo fornece uma característica de ativação muito nítida, tornando esses dispositivos excelentes substitutos para os diodos Zener em muitas aplicações, como regulação a bordo, fontes de alimentação ajustáveis ​​e fontes de alimentação comutadas. 

Características

  • Tolerância de tensão de referência a 25 ° C
    • 0,5% (classe B)
    • 1% (classe A)
    • 2% (classe padrão)
  • Tensão de saída ajustável: Vref a 36 V
  • Operação de -40 ° C a 125 ° C
  • Desvio de temperatura típico (TL43xB)
    • 6 mV (temperatura C)
    • 14 mV (I Temp, Q Temp)
  • Baixo ruído de saída
  • Impedância típica de saída de 0,2 Ω
  • Capacidade de corrente de pia: 1 mA a 100 mA

Aplicação

  • Referência ajustável de tensão e corrente
  • Regulação lateral secundária em SMPSs Flyback
  • Substituição Zener
  • Monitoramento de tensão
  • Comparador com referência integrada
Na figura 2 logo abaixo, temos o diagrama esquemático do Circuito Regulador de Tensão de Alta Precisão com CI TL431, O CI LM7317, fornece uma corrente de até 1.5 Amperes, e em conjunto com o CI TL431, fornecem uma saída precisa de 5V, que em muitas vezes são necessários para microcontroladores de precisão, equipamentos sensíveis, que necessitam de uma tensão estabilizada, esse circuito é ideal para isso.
Fig. 2 - Diagrama esquemático Circuito Regulador de Tensão de Alta Precisão com CI TL431
A fonte de alimentação deve fornecer corrente de pelo menos 1.5 Amperes. Sua tensão de entrada deve ser maior que 7 Volts, para evitar aquecimento excessivo do CI LM317 deve-se utilizar tensões não maior que 15V.

Lista de Materiais

CI 1 --------------------------- Circuito Regulador de Tensão LM317
CI 2 --------------------------- Circuito Regulador Ajustável TL431
R1 ----------------------------- Resistor 8K2Ω (cinza, vermelho, vermelho) 
R2, R3 ------------------------ Resistor de precisão 24 1% (vermelho, amarelo, laranja, preto, marrom)
P1, P2 ------------------------ Bornes para soldar em PCI 2 pinos
Diversos ---------------------- Placa Circuito Impresso, estanho, fios, etc.

Download:

Estamos dispondo para Download o link com os arquivos para impressão da placa de circuito impresso, são eles: Gerber, PDF layout, tudo isso com link direto para o Mega.
Fig. 3 - Placa de Circuito Impresso Circuito Regulador de Tensão de Alta Precisão com CI TL431

Link DiretoArquivos PNG, PDF, GERBER

E por hoje é só, espero que tenham gostado!!!

Qualquer dúvida, digita nos comentários que logos estaremos respondendo.

Se inscreva no nosso Blog!!! Click aqui - FVM Learning!!!

Forte abraço.

Deus vos Abençoe

Shalom

quinta-feira, 14 de maio de 2020

Amplificador de áudio com 320W Potência alimentado com 14.4V com CI TDA7560 + PCI

Amplificador de áudio com 320W Potência alimentado com 14.4V com CI TDA7560 + PCI

Olá a Todos!!!

No post de hoje, iremos montar um circuito amplificador simples de alta potência, com 320W divididos em 4 saídas com 2 ohms. Este amplificador é capaz de fornecer 50 Watts de potência por canal totalizando 200W potência sonora. Mas, nó título tem dizendo que é 320W? É isso mesmo, o circuito amplificador com TDA7560 pela qual é a base desse amplificador, foi projetado para fornecer poteêencia máxima de 80 Watts por canal com uma carga de 2 ohm alimentado por 14.4V, o que se abre uma grande possibilidades para quem não costuma utilizar fonte de alimentação Simétrica, e você pode também está utilizando esse circuito como amplificador em seu carro, já que o carro ligado fornece aproximadamente os 14.4V que serve para carregar a bateria, e sem levar em conta que esse circuito também pode está sendo alimentado diretamente por 12V, que seria quando o carro está desligado.
As entradas do TDA7560 são compatíveis com o Terra (GND) e podem suportar sinais de entrada muito altos (± 8Vpp) sem qualquer degradação de desempenho.

Configurações de Potência nas Saídas

Para carga de 4Ω 
VS = 13.2V - THD 10% - 4 x 25 Watts
VS = 13.2V - THD 1% - 4 x 19 Watts

VS = 14.4V -  THD 10% - 4 x 30 Watts
VS = 14.4V -  THD 1% - 4 x 23 Watts

Para carga de 2Ω 
VS = 13.2V - THD 10% - 4 x 45 Watts
VS = 13.2V - THD 1% - 4 x 34 Watts

VS = 14.4V -  THD 10% - 4 x 55 Watts
VS = 14.4V -  THD 1% - 4 x 43 Watts

Potência Máxima THD >10%
VS = 14.4V - 4Ω - 4 x 50 Watts
VS = 14.4V - 2Ω - 4 x 80 Watts

Características

  • Excelente capacidade de condução em 2Ω
  • Classe de Distorção Hi-Fi
  • Baixo ruído de saída
  • Função st-by
  • Função Mute
  • Auto Mute no min. Detecção de tensão de fornecimento
  • Range de tensão alimentação de 8 à 18Volts 
  • Baixa conta de componente externo:
    • Ganho internamente fixo (26db)
    • Sem compensação externa
    • Sem Capacitadores de bootstrap
  • Pré-Excitador onboard  de 0.35A

Standby e Mute

As instalações Standby e Mute são ambas compatíveis com CMOS, caso você não queira utilizar uma conexão direta com os respectivos pinos Vs, pode-se utilizar transistores padrões de baixa potência para acionar os pinos de Mute e Stand-By caso não venha utilizar as portas CMOS ou até mesmo utilizar  microprocessadores.
O conjunto R-C sempre devem ser usadas para suavizar as transições para evitar ruídos transitórios audíveis.
Sobre o modo de Stand-By, a constante de tempo a ser atribuída para obter uma transição praticamente livre de pop-ups deve ser mais lenta que 2,5V / ms.

Na figura 2 logo abaixo, temos o diagrama esquemático do Amplificador de áudio com 320W Potência alimentado com 14.4V com CI TDA7560, como podemos notar, é um circuito bastante simples, se comparado a sua perspicácia, tão pequeno em tamanho, porém bastante potente, e isso é ótimo pois facilita bastante a montagem para aqueles que não teem grandes experiências com Eletrônica e deseja também participar desse excelente e incrível mundo da eletrônica. 

Fig. 2 - Diagrama Esquemático Amplificador de áudio com 320W Potência alimentado com 14.4V com CI TDA7560
A fonte de alimentação deve fornecer corrente de pelo menos 7 Amperes. É importante lembrar que a tensão de máxima alimentação permitida por esse CI é de 18 Volts, se ultrapassarmos essa tensão de alimentação podemos queimar o Circuito Integrado.

Lista de Materiais

CI 1 --------------------------------- Circuito Integrado TDA7560
R1 ----------------------------------- Resistor 10KΩ (marrom, preto, laranja) 
R2 ----------------------------------- Resistor 47  (amarelo, violeta, laranja)
C1, C2 ------------------------------ Capacitor Cerâmico / poliester  1μF
C3, C4, C5, C6, C9 --------------- Capacitor Cerâmico / poliester 0.1μF
C7 ----------------------------------- Capacitor Cerâmico / poliester  470nF
C8 ----------------------------------- Capacitor eletrolítico 47μF - 63V
C10 --------------------------------- Capacitor eletrolítico 2.200μF - 25V
Conectores 1, 2, 4, 5, 6, 7, 8 ---- Conector Placa-Cabo 2 Pinos
Conectores 3  ---------------------- Conector Placa-Cabo 5 Pinos
Diversos --------------------------- Placa Circuito Impresso, estanho, fios, etc.

Estamos dispondo para Download os materiais necessários para quem deseja montar com a PCI - Placa de Circuito Impresso, os arquivos em PNG, PDF e arquivos GERBER para quem deseja enviar para impressão.

Download:

E por hoje é só, espero que tenham gostado!!!

Qualquer dúvida, digita nos comentários que logos estaremos respondendo.

Se inscreva no nosso Blog!!! Click aqui - FVM Learning!!!

Forte abraço.

Deus vos Abençoe

Shalom

domingo, 10 de maio de 2020

Amplificador HI-FI Estéreo 50W com CI TDA7265 + PCI

Amplificador HI-FI Estéreo 50W com CI TDA7265 + PCI

Olá a Todos!!!

No Post de hoje, iremos apresentar um amplificador de audio estéreo de 50W com o CI TDA7265, esse CI é um amplificador de potência de áudio estéreo de classe AB montado em um único encapsulamento Multiwatt, projetado especialmente para aplicações de som de alta qualidade como; centros de música Hi-Fi, caixas amplificados e aparelhos de TV estéreo. Esse circuito Amplificador é alimentado por fonte simples, o que abre um leque para quem deseja montar esse amplificador para colocar por exemplo, como amplificador em seu carro.  

Principais Recursos

  • Ampla faixa de tensão de alimentação (5V até 25V)
  • Dois canais de saída
  • Alta potência de saída  25 + 25W @ THD = 10%, RL = 8Ω, VS = + 20V
  • Sem POP ao Ligar/Desligar
  • Modo Mute (sem POP)
  • Recurso STAND-BY (LOW Iq)
  • Proteção contra Curto-Circuito
  • Proteção térmica de sobrecarga
Na figura 2 logo abaixo, temos o diagrama esquemático do Circuito Amplificador HI-FI Estéreo 50W com CI TDA7265.
A fonte de alimentação deve fornecer corrente de pelo menos 3 Amperes. O consumo quando o amplificador está em repouso é cerca de 60 mA
OBS. - Deve-se ficar atento com a tensão de alimentação máxima permitida por esse CI, que é de no máximo 30 Volts, se ultrapassarmos essa tensão de alimentação podemos queimar o Circuito Integrado.
Fig. 2 - Diagrama esquemático Amplificador de Audio de 50W com CI TDA7265

Lista de Materiais

CI 1 --------------------------- Circuito Integrado TDA726594
D1 ---------------------------- Diodo Zener de 5.1V/1W -  1N4733A
R1 ----------------------------- Resistor 12KΩ (marrom, vermelho, laranja) 
R2, R4 ------------------------ Resistor 30KΩ (laranja, preto, laranja)
R3, R5 ------------------------ Resistor 1K (marrom, preto, vermelho)
R6, R7 ------------------------ Resistor 4.7Ω (amarelo, violeta, dourado)
C1, C2 ------------------------ Capacitor eletrolítico 1μF - 35V
C3 ----------------------------- Capacitor cerâmico, poliéster 220nF
C4 ----------------------------- Capacitor eletrolítico 100μF - 63V
C5, C6 ------------------------ Capacitor cerâmico, poliéster 0.1uF
C7, C8 ------------------------ Capacitor eletrolítico 470μF - 63V
Conectores 1 ----------------- Conector Placa-Cabo 2 Pinos
Conectores 2  ---------------- Conector Placa-Cabo 3 Pinos
Diversos ----------------------  Placa Circuito Impresso, estanho, fios, etc.

Fonte de Alimentação

A fonte de alimentação é do tipo simétrica e deve ser de no mínimo 3 Amperes, com boa filtragem, com tensão mínima de 10 Volts e máxima de 30 Volts DC, sabendo-se que utilizando a tensão mínima você não irá atingir a potência máxima do amplificador, pois ele precisa de uma tensão maior para fornecer a potência declarada.
Neste modelo de amplificador é utilizado uma fonte do tipo Simétrica, ou seja; alimentação [ +VCC  |  GND  | -VCC ].
Você pode está seguindo esse Post sobre como montar, calcular uma fonte para amplificadores HI-FI, clicando no link abaixo.

Fonte de Alimentação Simétrica linear para Amplificadores de Audio HI-FI + PCI

Estamos dispondo para Download os materiais necessários para quem deseja montar com a PCI - Placa de Circuito Impresso, os arquivos em PNG, PDF e arquivos GERBER para quem deseja enviar para impressão.

Fig. 3 - Placa de Circuito Impresso Amplificador de Audio de 50W com CI TDA7265

Download:

E por hoje é só, espero que tenham gostado!!!

Qualquer dúvida, digita nos comentários que logos estaremos respondendo.

Se inscreva no nosso Blog!!! Click aqui - FVM Learning!!!

Forte abraço.

Deus vos Abençoe

Shalom

sexta-feira, 8 de maio de 2020

Amplificador de Audio de 50W com CI TDA1514 + PCI

Amplificador de Audio de 50W com CI TDA1514 

Olá a Todos!!!
Fig. 1 - Amplificador de Audio de 50W com CI TDA1514

No post de hoje, iremos apresentar um amplificador compacto e simples de montar que utiliza o Circuito Integrado TDA1514, Hi-Fi da Philips. Ele fornece 50 Watts de potência na sua saída. O seu diferencial é que esse CI tem uma potência elevada na saída com poucos componentes externos.  Esse CI é muito utilizado em amplificadores de áudio compactos, caixas amplificadas, monitores de audio. 
O CI é totalmente protegido, ele tem dois transistores de saída e possuem proteção térmica e SOAR, o CI também possui uma função de mudo que pode ser organizada por um período após a inicialização, com um tempo de atraso fixado por componentes externos. O dispositivo é alimentado com fonte de alimentação simétrica com capacidade de fornecer ao menos 3 Amperes de potência por 28V CC. O CI vem em encapsulamento plástica SIL de 9 pinos com um suporte de metal na parte traseira, e possui uma resistência ao calor inferior de até 1,5K / W.

Principais Recursos

  • Alta potência de saída
  • Baixa distorção harmônica
  • Ampla faixa de tensão de alimentação  (± 10V à ± 30V)
  • Baixa distorção de intermodulação
  • Baixa tensão de offset
  • Boa rejeição de ondulações
  • Instalações de mudo / stand-by
  • Proteção térmica
  • Protegido contra descargas eletrostáticas
  • Não há cliques de ativação ou desativação
  • Resistência térmica muito baixa
  • Proteção da área operacional segura (SOAR).
Na figura 2 logo abaixo, temos o diagrama esquemático do Amplificador de Audio de 50W com CI TDA1514 e é notório a quantidade de componentes externos ser bastante baixa, o que facilita a montagem por pessoas que não teem grandes experiências com Eletrônica e deseja também participar desse excelente e incrível mundo da eletrônica. A fonte de alimentação deve fornecer corrente de pelo menos 3 Amperes. O consumo quando o amplificador está em repouso é cerca de 60 mA. OBS. Deve-se ficar atento com a tensão de alimentação máxima permitida por esse CI, que é de no máximo 30 Volts, se ultrapassarmos essa tensão de alimentação podemos queimar o Circuito Integrado.
Fig. 2 - Diagrama esquemático Amplificador de Audio de 50W com CI TDA1514

Lista de Materiais

CI 1 --------------------------- Circuito Integrado TDA1514
R1, R3 ------------------------ Resistor 20K (vermelho, preto, laranja) 
R2 ----------------------------- Resistor 680Ω (azul, cinza, marrom)
R4 ----------------------------- Resistor 470K (amarelo, violeta, amarelo)
R5 ----------------------------- Resistor 82Ω (cinza, vermelho, preto)
R6 ----------------------------- Resistor 150Ω (marrom, amarelo, marrom)
R7 ----------------------------- Resistor 3.3Ω (laranja, laranja, ouro, ouro)
C1 ----------------------------- Capacitor eletrolítico 1μF - 35V
C2 ----------------------------- Capacitor poliéster, cerâmico 220pF
C3, C4 ------------------------ Capacitor eletrolítico 0.47μF - 63V
C5 ----------------------------- Capacitor eletrolítico 3.3μF - 63V
C6 ----------------------------- Capacitor eletrolítico 220μF - 63V
C7 ----------------------------- Capacitor poliéster, cerâmico 22nF
P1 ------------------------------ Potenciômetro 20KΩ
Conectores 1 ----------------- Conector Placa-Cabo 3 Pinos
Conectores 2, 3 -------------- Conector Placa-Cabo 2 Pinos
Diversos ----------------------  Placa Circuito Impresso, estanho, fios, etc.

Fonte de Alimentação

A fonte de alimentação é do tipo simétrica e deve ser de no mínimo 3 Amperes, com boa filtragem, com tensão mínima de 10 Volts e máxima de 30 Volts DC, sabendo-se que utilizando a tensão mínima você não irá atingir a potência máxima do amplificador, pois ele precisa de uma tensão maior para fornecer a potência declarada.
Neste modelo de amplificador é utilizado uma fonte do tipo Simétrica, ou seja; alimentação [ +VCC  |  GND  | -VCC ].
Você pode está seguindo esse Post sobre como montar, calcular uma fonte para amplificadores HI-FI, clicando no link abaixo.

Fonte de Alimentação Simétrica linear para Amplificadores de Audio HI-FI + PCI

Estamos dispondo para Download os materiais necessários para quem deseja montar com a PCI - Placa de Circuito Impresso, os arquivos em PNG, PDF e arquivos GERBER para quem deseja enviar para impressão.

Placa de Circuito Impresso Amplificador de Audio de 50W com CI TDA1514
Fig. 3 - Placa de Circuito Impresso Amplificador de Audio de 50W com CI TDA1514

Download:

E por hoje é só, espero que tenham gostado!!!

Qualquer dúvida, digita nos comentários que logos estaremos respondendo.

Se inscreva no nosso Blog!!! Click aqui - FVM Learning!!!

Forte abraço.

Deus vos Abençoe

Shalom