FVM Learning

Nosso maior compromisso é compartilhar conhecimentos, somos simples mas não simplórios, astuto mas não pacóvio, nos posicionamos empenhados em mostrar o caminho para desmistificação do opróbrio em legítima defesa do conhecimento compartilhado. Eng. Jemerson Marques.

terça-feira, 18 de dezembro de 2018

O que é Arduino?

Fig. 1 - O que é Arduino?


O Arduino é uma plataforma ou placa de prototipagem eletrônica de código aberto usada para desenvolvimento de projetos IoT de controles e automação em Eletrônica Digital / Analógica.

Originalmente foi  iniciado como um projeto de pesquisa por Massimo Banzi, David Cuartielles, Tom Igoe, Gianluca Martino e David Mellis no Instituto de Design de Interação de Ivrea no início dos anos 2000, ele se baseia no projeto Processing, uma linguagem para aprender a codificar dentro do contexto das artes visuais desenvolvido por Casey Reas e Ben Fry, bem como um projeto de tese de Hernando Barragan sobre o quadro de fiação. Fonte: Arduino.

Consiste em uma placa de circuito físico programável (Microcontrolador) e um software, ou IDE (Integrated Development Environment), usado para escrever e fazer Upload de Código de computador para a placa física, e foi projetado para tornar a Eletrônica mais acessível aos Projetistas, Engenheiros, Técnicos, Entusiastas e pessoas interessadas em criar objetos ou ambientes interativos. 


A primeira placa Arduino foi lançada em 2005 para ajudar estudantes de design, que não tinham experiência anterior em eletrônica ou programação de Microcontroladores, a criar protótipos de trabalho conectando o mundo físico ao mundo digital.

Desde então, tornou-se a ferramenta de prototipagem eletrônica mais popular usada por engenheiros e até grandes corporações.

Uma placa Arduino pode ser adquirida pré-montada ou, por o design do hardware ser Open Source, pode ser construído manualmente, de qualquer forma, os usuários podem adaptar as placas de acordo com as suas necessidades, bem como atualizar ou desenvolver suas próprias versões.

 A plataforma Arduino tornou-se bastante popular entre as pessoas que estão começando com a eletrônica e por um justo motivo. 

Diferentemente da maioria das placas de circuito programáveis ​​anteriores, o Arduino não precisa de um hardware separado (Chamado de Programador, Conversor USB Serial, FTDI) para carregar um novo código na placa, você pode simplesmente usar um cabo USB

Além disso, a IDE Arduino usa uma versão simplificada do C ++, facilitando o aprendizado do programa. Finalmente, o Arduino fornece um fator de forma padrão que divide as funções do microcontrolador em um pacote mais acessível.

Arduino Uno é uma das placas mais populares da família Arduino e uma ótima opção para iniciantes.

Acredite ou não, 10 linhas de código, são tudo o que você precisa para piscar o LED on-board no seu Arduino.

O que ele faz?

O Hardware e Software do Arduino foi projetado para Engenheiros, técnicos, designers, artistas, entusiastas, amadores, hackers e qualquer pessoa interessada em criar objetos ou ambientes interativos. 

O Arduino pode interagir com Botões, LEDs, Motores, Alto-Falantes, Unidades de GPS, Câmeras, a Internet e até mesmo seu Smartphone ou sua TV.

Essa flexibilidade combinada com o fato de que o software Arduino é Open Source, ou seja, gratuito, as placas de hardware são muito baratas e tanto o software quanto o hardware são fáceis de aprender, levando a uma grande comunidade de usuários que contribuíram com código e lançaram instruções para uma enorme variedade de Projetos baseados em Arduino.

Para tudo, desde robôs, manta de aquecimento com limite de temperatura,  máquinas contar cédulas, e etc. O Arduino pode ser usado como o cérebro por trás de praticamente qualquer projeto de eletrônica.

A Família Arduino

Arduino faz várias placas diferentes, cada uma com diferentes capacidades. Além disso, parte do hardware de código aberto significa que outros podem modificar e produzir derivativos de placas Arduino que fornecem ainda mais fatores de forma e funcionalidade.

Se você não tem certeza qual é a certa para o seu projeto. Aqui estão algumas opções que são adequadas para alguém novo no mundo do Arduino:

Arduino Uno (R3)

O Uno é uma ótima opção para o seu primeiro Arduino. Tem tudo o que você precisa para começar e utilizar para os seus projetos.

Possui 14 pinos de entrada / saída digital (dos quais 6 podem ser usados ​​como saídas PWM), 6 entradas analógicas, uma conexão USB, uma tomada de alimentação, um botão de reset e muito mais. Ele contém tudo o que é necessário para suportar o microcontrolador; Basta conectá-lo a um computador com um cabo USB ou ligá-lo a uma fonte de alimentação DC ou bateria para iniciar.

Sensores

Com algum código simples, o Arduino pode controlar e interagir com uma grande variedade de sensores - coisas que podem medir a luz, a temperatura, grau de flexão, pressão, proximidade, aceleração, monóxido de carbono, a radioatividade, umidade, pressão barométrica, tensão, corrente, entre tantos outros.

Shields

Além disso, existem essas coisas chamadas Shields "escudos", basicamente elas são placas de circuito pré-montadas que cabem em cima do seu Arduino e fornecem recursos adicionais - controlando motores, conectando-se à Internet, fornecendo celular ou outra comunicação sem fio, controlando uma tela LCD e muito mais.

Obrigado por está conosco!

Se inscreva no nosso Blog!!! Click Aqui!!! FVML 

Deus vos Abençoe

Shalom


Nenhum comentário:

Postar um comentário