FVM Learning

Nosso maior compromisso é compartilhar conhecimentos, somos simples mas não simplórios, astuto mas não pacóvio, nos posicionamos empenhados em mostrar o caminho para desmistificação do opróbrio em legítima defesa do conhecimento compartilhado. Eng. Jemerson Marques.

quinta-feira, 12 de setembro de 2019

Circuito fonte de bancada regulável 1.25 à 125V com CI TL783

Circuito fonte de bancada regulável 1.25 à 125V com CI TL783

Olá a Todos!!!

Fig. 1 - Fonte regulável 1.25 à 125V com CI TL783
No post de hoje, iremos abordar o Circuito Integrado TL783 que é um CI regulador ajustável de alta tensão CC de três terminais, com faixa de tensão de saída que variam entre 1,25 V a 125 V e um transistor de saída DMOS capaz de fornecer mais de 700 mA. Isto é projetado para uso em aplicações de alta tensão em que os reguladores bipolares padrão não podem ser usados. 
Excelente especificações de desempenho, superiores às da maioria dos reguladores bipolares, são obtidas através do projeto de circuitos e técnicas avançadas de layout.

Como um regulador de última geração, o TL783 combina circuitos bipolares padrão com transistores MOS de alta tensão e difusão dupla em um único Chip para produzir um dispositivo capaz de suportar tensões muito mais altas do que os circuitos integrados bipolares padrões.

Devido a ausência de desagregação secundária conectadas as características de fuga térmica, normalmente associado a saídas dos bipolares, o TL783 mantém proteção total contra sobrecarga enquanto opera em até 125V de entrada para saída. Outros recursos do dispositivo incluem limitação de corrente, proteção da área de operação segura (SOA) e desligamento térmico. Mesmo que o ADJ seja desconectado inadvertidamente, o circuito de proteção permanece funcionando.
A disposição de pinagem do CI TL738 está disposta na figura 2 logo abaixo, ele tem as mesmas pinagens dos reguladores variáveis mais conhecidos no mercado, o que com pouquíssima mudanças nos componentes de outras circuitos fontes reguláveis, podemos utilizar as mesmas placas de Circuito impresso dispostos em outros projetos.
Fig. 2 - Disposição de pinos do CI TL783 com os tipos de encapsulamentos
Apenas dois resistores externos são necessários para programar a tensão de saída. É necessário um capacitor de bypass de entrada somente quando o regulador estiver situado longe do filtro de entrada. Um capacitor de saída, embora não seja necessário, melhora resposta transitória e proteção contra curto-circuitos de saída instantânea.

Características

  • Saída ajustável de 1,25V a 125V
  • Corrente de saída de 700 mA
  • Proteções: Curto-circuito, área de operação segura, e desligamento térmico
  • Regulação típica da tensão de entrada 0,001% / V
  • Regulação típica da tensão de saída de 0,15%
  • Rejeição típica de ondulações de 76 dB
  • Encapsulamento padrão TO-220AB

Os capacitores de derivação "bypass"

O regulador TL783 é estável sem capacitores de derivação; entretanto, qualquer regulador se torna instável com certas valores da capacitância de saída se um capacitor de entrada não for usado. Portanto, o uso do desvio de entrada é recomendado sempre que o regulador estiver localizado a mais de 10 cm do capacitor do filtro da fonte de alimentação.
Um capacitor eletrolítico de tântalo ou alumínio de 1 µF geralmente é suficiente.
Os capacitores do terminal de ajuste não são recomendados para uso no TL783 porque podem danificar seriamente degradam a resposta transitória da carga e criam a necessidade de circuitos de proteção extra. Mesmo sem esse capacitor adicional, temos uma excelente rejeição de ondulações na saída. Devido ao ganho relativamente baixo do estágio de saída do MOS, pode ocorrer queda de tensão na saída sob grande carga condições transitórias. A adição de um capacitor de bypass de saída aprimora bastante a resposta transitória da carga e evita Quedas de Tensão. Para a maioria das aplicações, recomenda-se o uso de um capacitor de bypass de saída, com valor mínimo de:
Co (µF) = 15 / Vo
Valores maiores fornecem características de resposta a transientes proporcionalmente melhores.

Circuito de Proteção

O regulador TL783 inclui circuitos de proteção integrados capazes de proteger o dispositivo contra a maioria das sobrecargas encontradas em operação normal. 
Os recursos de proteção embarcados no encapsulamento do TL783 são: 
  • Limitadores de Corrente, 
  • Proteção de operação de Área Segura 
  • Desligamento térmico. 
Esses circuitos protegem o dispositivo apenas sob condições ocasionais de falha. A operação contínua no limite de corrente ou no modo de desligamento térmico não é recomendada.

Os circuitos de proteção interna do TL783 protegem o dispositivo até o Vi "tensão de entrada" com classificação máxima, desde que precauções sejam tomadas. Se Vi for ligado instantaneamente, os transientes que excedem as classificações máximas de entrada podem ocorrer, o que pode destruir o regulador. Geralmente são causados ​​por desvio de indutância dos capacitores de  chumbo, causando uma tensão de toque na entrada. Além disso, quando tempos de subida acima de 10 V / ns são aplicados à entrada, 

Para proteger o TL783 de desvios de tensões, devido aos capacitores terem em seu carregamento um tempo de subida, e de descarga, causando acúmulo de tensão, é altamente recomendado o uso de diodo de proteção como mostrado na Figura 3 abaixo, para valores de capacitância maiores que:
Co (µF) = 3 x 10^4 / (VO)^2
Fig. 3 - Digrama esquemático circuito regulável 1.25 à 125V TL783

Incrementando corrente

Para uma fonte de bancada ser adequada, temos que ter uma corrente de pelo menos 2 Amperes, pois os circuitos eletrônicos em sua grande maioria tem uma corrente mais elevada, porém não tanto se precisa de uma tensão tão alta, pensando nisso, o próprio fabricante tem uma sugestão de circuito para esse aumento de corrente no circuito como sugerido na figura 4 abaixo. São utilizados 3 transistores, o primeiro é um transistor PNP de uso geral, como um BC558, ou qualquer outro, sua função é fazer a leitura de corrente no resistor de 1 ohms, se a corrente subir mais do que o calculado, o resistor apresentará uma tensão de aproximadamente 0,7, que é a tensão de corte do transistor que deixa de conduzir, e corta a tensão de base do transistor 2, que é um transistor PNP TIP42, que é o drive de acionamento que corta a tensão de base do transistor 3, que é um transistor NPN TIPL762  de acionamento da carga principal fazendo com que o mesmo fique despolarizado e não conduza a corrente através dele, fazendo com que o CI entre em proteção contra curto e desativando o circuito sem causar danos aos mesmos.

Fig. 4 - Diagrama esquemático circuito booster TL783
Lista de Componentes

CI1 -------------------------------------- Circuito Integrado TL783
TR1 ------------------------------------- Transistor PNP de uso geral - BC558
TR2 ------------------------------------- Transistor PNP de média potência - BD140 ou TIP142 etc...
TR3 --------------------------------------Transistor NPN de potência - TIPL762
R1 ---------------------------------------- Resistor 82Ω (cinza, vermelho, preto)
R2 -----------------------------------------Resistor 10Ω (marrom, preto, preto)
R3 ---------------------------------------- Resistor 1Ω (marrom, preto, ouro)
R4 ---------------------------------------- Resistor 1KΩ (marrom, preto, vermelho)
R5 ---------------------------------------- Resistor 10KΩ (marrom, preto, laranja)
C1 ---------------------------------------- Capacitor Poliéster 50µF / 200V
P1 ---------------------------------------- Potenciômetro linear de 8KΩ
Diversos, fios, estanho, placa, etc...

Temos no nosso canal do youtube o vídeo da montagem do circuito fonte Regulável. O video demostramos a montage do circuito e os testes de funcionamento da fonte, confira logo abaixo.



E por hoje é só, espero que tenham gostado!!!

Qualquer dúvida, digita nos comentários que logo estaremos respondendo.

Se inscreva no nosso Blog!!! Click aqui - FVM Learning!!!

Forte abraço.

Deus vos Abençoe

Shalom


2 comentários:

  1. Ola , qual a tensão de entrada ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá @RAFAEL
      A tensão máxima de entrada é de 130V, é bom sempre trabalhar com até 125 na entra e a saída ajustável ficará de 1.25 à 123.5V, isso para trabalhar despreocupado.
      Obrigado por estar conosco.
      Aproveita e se inscreve também em nosso canal do Youtube:
      https://www.youtube.com/channel/UCnaAKKkyhX7LY2ZYIff-qug/
      Isso nos ajuda bastante a darmos prosseguimento ao nosso trabalho, e não lhe custa nada!!! :)
      Forte abraço.

      Excluir