Mostrando postagens com marcador Carregadores de Baterias. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Carregadores de Baterias. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 12 de agosto de 2019

Circuito Fonte Variável 1.25 à 35V 10 Amperes com Transistor D13007 e LM317

Circuito Fonte Variável 1.25 à 35V  10 Amperes com Transistor D13007 e LM317

Olá a Todos!!!

Todos Engenheiros, Técnicos, Hobbystas, fazedores e etc. que se presem teem componentes de sucatas em casa ou laboratório guardado, e o mais comum, são as fontes chaveadas de computador, é nela "ao menos na maioria delas" que encontramos um transistor bem conhecido dos "Fazedores", o 13007, um transistor com características voltada para chaveamento rápido, com uma boa corrente de coletor, então decidi criar esse circuito para nós fazedores nos alegramos com mais uma fonte de bancada de alta corrente.
LM317 é um regulador de tensão positivo de 3 terminais ajustável capaz de fornecer uma corrente de 1,5A em uma ampla faixa de tensão de saída de 1,25 a 35 V. 

O que faremos nesse projeto, é incrementar o conjunto de dois transistores para dar um Booster no circuito e aumentar a corrente, pois o CI LM317 só trabalha até 1.5 Amperes, e isso para fazermos uma fonte de bancada, não vai ficar muito legal, com tão pouca corrente.
Com esse incremento, conseguimos facilmente colocar 10 Amperes com a tensão variável entre 1.25 à 37 Volts, sem qualquer problemas, requerendo apenas dois transistores 13007, ou poderás utilizar o 13009 que tem a corrente de coletor de 12A
O diagrama esquemático do circuito elétrico está disposto na Figura 2, que mostra a disposição de cada componente e suas ligações, que em um contexto geral, é bastante simples de se montar, porém bastante eficaz.

Fig 2 - Diagrama Esquemático Fonte Variável 1.25 à 35V 10A

Funcionamento


Os transistores 13007 que podem ter suas iniciais D13007, MJE13007, SDT13007 e etc... teem suas configurações setadas no modo seguidor de emissor, o que quer dizer que a tensão irá sair através dos emissores que e se igualarão à saída do CI LM317, ou seja, quando o potenciômetro do LM317 for ajustado para uma tensão específica na saída, os dois transistores de potência replicariam exatamente e produziriam a mesma tensão nos emissores, e como a corrente dos coletores desses transistores estão conectados formando um ponte de alta corrente, eles transformaram a tensão do LM317 corrente do CI que é no máximo 1.5 Amperes, em uma alta capacidade de corrente que pode ser igual a a capacidade máxima de transmissão de corrente dos transistores, bem como a especificação da fonte de alimentação.

Observações


  1. Coloque os Transistores em um dissipador de calor, pois se aplicarmos altas corrente com constância, ele esquentarão.
  2. Se for utilizar essa fonte para uso contínuo, recomendamos que coloque resistores de 0.47 ohms 5W, para limitarem a corrente de surto dos transistores em conjunto, pois devido ao tipo de transistores não ideal, eles tendem a drenar mais corrente de que o outro, causando sobreaquecimento e a queima dos transistores.
Lista de Material
  • CI -------------------- Circuito Integrado regulador de tensão LM317
  • T1, T2 --------------- Transistores de Potência D13007
  • D1, D2 --------------- Diodo 1N4007
  • C1 -------------------- Capacitor eletrolítico 4700 uF - 63V 
  • C2 -------------------- Capacitor eletrolítico 10 uF - 63V
  • C3 -------------------- Capacitor eletrolítico 47 uF - 63V
  • R1 -------------------- Resistor 220 ohms - (vermelho, vermelho, marrom)
  • R2, R3 ----------------Resistor 0,47 ohms - 5W – (amarelo, violeta, ouro)(Ver Texto)
  • P1 --------------------- Potenciômetro linear ou logarítmico 4,7 k ohms
  • B2, B2 --------------- Bornes de encaixe 2 vias tipo soldável
  • Outros ---------------- Fios, Soldas e Etc.
E por hoje é só, espero que tenham gostado!!!

Qualquer dúvida, digita nos comentários que logos estaremos respondendo.

Se inscreva no nosso Blog!!! Click aqui - FVM Learning!!!

Forte abraço.

Deus vos Abençoe

Shalom


sexta-feira, 1 de março de 2019

Fonte Ajustável de 1.25 ~ 33V e 3 Amperes com LM350 + PCI

Fonte Ajustável de 1.25 ~ 33V e 3 Amperes com LM350 + PCI




English Version: Click Here
Hoje em dia é muito necessário ter em uma bancada uma fonte para testar nossos projetos, componentes, circuitos em manutenção entre outros, porém essa fonte tem que ser obrigatoriamente uma fonte que tenha ajustes de tensão, pois cada circuito, cada projeto, tem sua tensão de alimentação distinta. No projeto de hoje, nós vamos fazer uma fonte regulável que vai de 1.25 ~ 33 volts com uma corrente de 3 Amperes, o que já é suficiente para as maiorias dos projetos, e ainda essa fonte tem circuito de proteção contra curto-circuito e proteção de temperatura.

O LM350 é um regulador de tensão positivo de três terminais ajustável capaz de fornecer 3,0 Amperes em uma faixa de tensão de saída de 1,2 V a 33 V. Esse regulador de tensão é excepcionalmente fácil de usar e requer apenas dois resistores externos para ajustar a tensão de saída. 

Além disso, ele emprega: 
  • Limitação de corrente interna
  • Desligamento térmico
  • Compensação de área segura 

O que torna o circuito integrado LM350, um componente essencialmente à prova de explosão.
O LM350 atende a uma ampla variedade de aplicações:
  • Regulador de Tensão Estável para circuitos digitais
  • Regulador de Corrente Estável
  • Regulador de Corrente Variável

Este dispositivo também faz um regulador de comutação ajustável especialmente simples, um regulador de saída programável ou conectando um resistor fixo entre o ajuste e a saída, o LM350 pode ser usado como um regulador de corrente de precisão:
  • Garantido 3,0 A corrente de saída
  • Saída ajustável entre 1,2 V e 33 V
  • Regulação de Carga Normalmente 0,1%
  • Regulação de Linha Normalmente 0.005% / V
  • Proteção contra sobrecarga térmica interna
  • Constante Limitadora de Corrente Interna de Curto Circuito com Temperatura
  • Compensação da área segura do transistor de saída
  • Operação Flutuante para Aplicações de Alta Tensão
  • Pacote padrão de transistor de 3 vias
  • Elimina Meias Muitos Volta Fixa
O esquema elétrico, segue na imagem abaixo, ele é bastante simples, primeiro temos a ponte retificadora GBJ2510 que é uma ponte de 25 Amperes a 1000 Volts, porém você pode utilizar qualquer uma que você tiver e que seja acima de 4 Amperes sobre 50 Voltes, os diodos D2 e D3 são para proteção do CI LM350, contra curto circuitos, pois quando iniciamos a fonte, e o capacitor de filtro C3 está totalmente descarregado, e ele torna-se como um curto para o CI.
O capacitor C1 é para a atenuar a interferências ripples e estabilidade do mesmo.
O capacitor C2 tem a função de constância para diminuição do Ripple, e estabilidade da fonte.
P1, é um potenciômetro analógico de 5K, se você não tiver o de 5K pode colocar um de 4.7K, que é mais comercial. T1 é um transformador de no mínimo 3 Amperes, com entrada de acordo com a sua rede local, que pode ser de 220v ou 110v dependendo da sua região, e o secundário do transformador é de 25 voltes para a saída de 33V DC.

Para você que deseja fazer uma fonte ajustável mais potente, por exemplo com 6 Amperes, temos esse post do módulo ajustável no link abaixo:
Módulo simples para fonte de bancada ajustável 6Amp 1,2 à 25V

Lista de Material

  • CI - U1 – LM350T – circuito integrado, regulador de tensão
  • D1 – GBJ2510 – Ponte de diodo retificador de silício
  • D2, D3 – 1N4007- diodos retificadores de silício
  • C2 – 4700 uF - 50V – capacitor eletrolítico
  • C3 – 100 uF - 50V – capacitor eletrolítico
  • R1 – 220 ohms - ½ W – vermelho, vermelho, marrom
  • T1 – Transformador com primário de acordo com a rede local e secundário de 25 V com corrente mínima de 3A
  • P1 – 4,7 k ohms – potenciômetro linear ou logarítmico
  • Outros - fios, soldas, placa, etc.
Estamos dispondo para Download os materiais necessários para quem deseja montar com a placa sugerida os arquivos em PNG, PDF e arquivos Gerber para quem deseja enviar para impressão.


Arquivos para Download:

Opção 1: Arquivos JPG, PDF, GERBER
Opção 2: Arquivos PNG, PDF, GERBER

E por hoje é só, espero que tenham gostado!!!
Qualquer dúvida, digita nos comentários que logos estaremos respondendo.

Se inscreva no nosso Blog!!! Click aqui - FVM Learning!!!

Forte abraço.

Deus vos Abençoe

Shalom


quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

Carregador de Bateria Simples Automático + PCI

Carregador de Bateria Simples, automático e com indicador de carregamento + PCI

Fig. 1 - Carregador Automático
Olá a todos, hoje estaremos fazendo um carregador de baterias inteligente, com indicador de carregamento e de carga completa, sendo automático para carregar baterias de 12V, é um carregador extremamente simples de montar e qualquer um que tenha pouca experiência pode fazer.
A tensão de entrada será de acordo com a fonte que você irá utilizar, 110V ou 220V. 
O tempo de carregamento dependerá da fonte que você irá utilizar e também do tipo de bateria que será carregado, para calcularmos o tempo de carga mais próximo, Podemos fazer uma conta rápida simples e objetiva, lembrando que não estamos levando em conta os fatores  de resistência da bateria, oscilações no carregador, fator de depreciação dos químicos da bateria e etc. 

O calculo é simples, vamos utilizar um exemplo de que você tem uma bateria de Nobreak de 12 Volts e 7 Amperes, a sua fonte tem 3 Amperes, então sabemos que "mais ou menos" a carga da bateria é 7 Amperes Hora, isso significa que para ela se carregar por completo ela precisa de 7 ampers constantes, como a fonte é 3 Amperes, temos que dividir 7 Amperes por 3 Amperes da fonte.

B = Bateria

F = Fonte
C = Carregamento
C = B/F = C = 7/3 C = 2.33

Ou Seja

A Carga "C" Levará 2:33hrs
Duas horas e Trinta e Três minutos para se carregar

Se sua fonte for diferente, não ha problemas, veja a corrente de fornecimento dela e jogue na fórmula e veja o resultado aproximado.

Na Figura 2, temos o esquemático elétrico do pequeno circuito.
Fig. 2 - Esquemático eletrônico Carregador de Bateria Simples Automático 

É imprescindível que a fonte forneça 20% a mais do que a bateria, Ex. se sua bateria é de 12V, a fonte tem que ter 14.4 V, podes variar um pouco para menos, como por exemplo 13.2V "que é 10% da tensão da bateria" mais não podes utilizar uma fonte de 12V para carregar uma bateria de 12V, pois não vai haver diferencia de potencial, pode da uma pequena carga se a bateria tiver menos de 12V, porém não irá carregar por completo a sua bateria.

Sugerimos a você que veja o nosso POST

É só clicar no título abaixo:

Como Alterar Fonte ATX para 13.6v, 22 Amperes

E você pode utilizar essa fonte atx alterada na medida certa, nesse tutorial que vai ser de ótimo valor para você fazer seu carregador por completo.


Dispomos a placa de circuito impresso com o diagrama esquemático para baixar, com os arquivos em PDF, JPG e GERBER para que desejar enviar para impressão das placas.

Fig. 3 - Placa de Circuito Impresso com Disposição de componentes

Links para baixar os arquivos

Opção 1: Arquivos PDF, JPG, GERBER

Opção 2: Arquivos PDF, JPG, GERBER



Lista de Materiais:

3 Diodos 1N4007.
3 Resistores, 1K, 10K e 100 Ohms.
1 Potenciômetro ou Trimmpot de 10K
1 Transistor C1815
1 Relay 12V 10A, Simples
2 Leds, um Vermelho e um Verde 
Placa de circuito impresso
Ferro de Solda, estanho
Fios, etc.

Como utilizar o carregador:

Ão terminar toda a montagem, verifique com atenção para vê se não tem nenhuma peça errada, diodos com polaridade invertida, e se não tem nenhum curto nas conexões, depois de tudo verificado.

Ligue o positivo da fonte na entrada +VCC do circuito e o negativo da fonte no terra do circuito carregador, o potenciômetro ou trimmpot, é da sua escolha, serve para você regular a tensão limite de saída do carregador, por exemplo, você tem bateria de 12V, normalmente as baterias de 12V de nobreak são recarregadas em 13.2 a 14.4 Volts. 

Então utilize um multímetro na escala de voltes DC na saída do carregador e regule a tensão para a mais desejada, ou seja a tensão máxima para ele disparar, e o led Verde acender, pronto já pode utilizar o seu novo carregador, coloque a bateria e deixe carregar até quando o carregador alcançar a tensão que você regulou, "tensão limite" ele dispara o relê e liga o led Verde indicando que a bateria foi carregada.

Uma boa dica; se você tem um buzzer de 12V sobrando, ou se você realmente deseja colocar um indicador sonoro no seu circuito, podes colocar esses buzzer que você encontra com facilidade em lojas de componentes eletrônicos e é baratinho, na saída que está ligado o Led Verde, que é o indicador de carga completa, você pode ligar o Positivo do buzzer na saída do Relê e o negativo do buzzer direto no terra, pronto você tem um carregador automático e com indicação visual e sonora.

Ficamos por aqui.
Qualquer dúvida, escreve nos comentários, que nós estaremos lhes respondendo assim que visualizarmos.

Se inscreva no nosso Blog!!! Click Aqui!!! FVML!!! 

Forte abraço

Fica com Deus.

Shalom

quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Como Alterar Fonte ATX para 13.6v, 22 Amperes

Como alterar uma fonte de computador ATX para 13.6V

English Version: Click Here

Muitos são os casos para querermos fazer uma alteração dessas em uma fonte de PC, até porque as fontes ATX são fácies de encontrar e todo técnico tem uma ou duas fontes dessas em sua sucata.

Com essa alteração podemos facilmente ligar som automotivo com módulos, fazer um carregador para baterias, entre tantas outros coisas.


A fonte ATX que vou utilizar é uma de marca iMicro, modelo 
PS-350WXMH, de 350W

de potência.
Seguiremos passo a passo, para facilitar o nosso entendimento

As observações iniciais será analisar se a mesma está funcionando, pois não podemos alterar uma coisa que nem mesmo funciona, não é isso?


Para fazer isso, coloque um fio, ou como no meu caso, um pedaço de solda, curto-circuitando o conector com fio PSON "Fio Verde" e o GND "Fio Preto"

Como na imagem ilustrada.
Depois de tudo verificado e se estiver tudo OK!!!!

VAMOS COMEÇAR


1° Passo - Temos que identificar o tipo de CI controlador que temos em nossa fonte, no meu caso o CI é o SD6109.

O seu pode ser diferente, o que você precisa fazer é olhar o datasheet dele e identificar o pino correto.
O datasheet do SD6109 é o apresentado na imagem, vamos identificar sua pinagem, como ilustrado na foto.


Iremos utilizar para essa mudança o pino 17, que o pino do amplificador de erro negativo e positivo tendo como referência a tensão de 2.5V, isso nos dá um pequeno range para alterarmos para 13.6V, se precisar para uma tensão maior, click nesse link = [Como Alterar fonte de PC ATX 12v para 24v], que lá você terá esse ótimo tutorial passo a passo para fazer essa alteração.

Voltando, o nosso propósito é alterar para podermos por exemplo, carregar uma bateria, ligar som automotivo, módulos de som automotivo entre outros.


2° Passo - Precisaremos à princípio de um resistor de 10K (Marro Preto, Laranja) e um potenciômetro de 500K, se você não tiver de 500K pode colocar um de 100K, ou de 50K ou de 10K, porém o melhor é colocar o maior possível para podermos atingir o maior range possível.


3° Passo - Faça um arranjo do potenciômetro e o resistor em série como na imagem ilustrativa, soldando um fio na extremidade do Potenciômetro, o resistor no pino central do potenciômetro e m fio no final do resistor, sobrando assim duas pontas.


4° Passo - Identifique o pino 17 "No nosso caso" no nosso CI. Lembre-se que, todos os CIs tem um chanfro para identificar o pino 1, como sugerido na imagem da disposição dos pinos do datasheet, após a identificação faça o mesmo com muito cuidado ao virar a placa, devido aos pinos ficarem inversos, identifique na placa e marque com uma caneta marcador, ou um rasgo na trilha, qualquer coisa, pois é de suma importância não errar o pino para não dá nada errado no fim da alteração.

5° Passo - Solde uma das pontas do arranjo que fizemos, no negativo da fonte GND
e a outra ponta do arranjo, solde no pino 17 "como já disse, no nosso caso",
Explicação: O resistor de 10K, serve par aquando você zerar o potenciômetro, não curto-circuitar o pino 17 com o GND, pois irá disparar, e em alguns casos, causar danos ao CI.
Após ter soldado, vamos ligar, para testar a saída.

ATENÇÃO!!!
É de suma importância que você tenha um teste ant-curto-circuito, no nosso caso, temos o bom e velho teste em série da Lâmpada incandescente. NÃO toque o dissipador de calor do primário da fonte, você poderá sofre Descarga Elétrica. "DÁ CHOQUE".

Ligue a fonte com cautela no TESTE EM SÉRIE, e teste a tensão de saída, regule para o máximo que você quer, ou até onde ela vai, depois de setado a tensão confortável para a fonte, vamos para o próximo passo.

Desconecte o cabo de força da tomada, DESLIGUE A ENERGIA, e dessolde os dois fios do arranjo, Resistor e Potenciômetro.

6° Passo - Com o multímetro, veja a resistência do arranjo, no nosso caso a resistência ficou em 56,70K, para um resistor comercial, podemos colocar um de 56K.

Como não tenho aqui na bancada esse valor, fiz outro arranjo para ser substituído no lugar do potenciômetro, liguei dois resistores em série, sabemos que quando ligamos dois resistores em série, somamos suas resistências, utilizei um que tenho na bancada de 47K + o de 10K, somando 57K, bem próximo ao que medimos no arranjo do potenciômetro e resistor.


Depois coloquei um termo-retrátil para isolar os dois em série, e pronto, vamos colocar no lugar do arranjo, ou seja PINO 17, e GND.

OBS: Depois de tudo soldado, observe bem se não em nada em curto, use o multímetro entre o GND e o Pino 17 para ver se a resistência não dá muito baixa, pois poderás ter problemas.


7° Passo - Teste de carga.
Irei utilizar uma lâmpada halogena, de 12V, 55W, pela lei de Ohms, sabemos que
P= Potência
V = Volts
I = Corrente

P = V * I
I = P / V

Então
I = 55 / 12

Logo
I = 4.58A

Ou seja, nossa carga é de 4.58 Amperes.


Podemos observar a tensão sem a carga, no multímetro está marcando 13.65V. 

Vamos ligar a carga.

Como podemos verificar, tivemos uma queda de tensão de 13.65V para 12.82V, bem como a carga é uma carga resistiva, e esse tipo de lâmpada consome mais do que informa, chegamos a conclusão que vale a pena, pois para carregar uma bateria, o consumo contínuo não vai tão alto assim.

Depois de vários testes com carregamento de bateria, tivemos um grande sucesso.
E sobre o som automotivo, ele sustentou também, sem causar perdas considerável.
O mudulo que liguei foi um Taramps, 800W RMS, com um Player Pionner.

Conclusão


Satisfeito com o projeto, por sua simplicidade e que pode ser utilizado para vários outros projetos, atendeu satisfatoriamente as expectativas.

Obrigado a todos, qualquer dúvida, deixe nos comentários.

Se inscreva no nosso Blog!!! Click AQUI!!! 

Para que deseja ver os detalhes da montagem, deixo abaixo o vídeo para vocês entenderem e seguirem o passo a passo.




Deus vos abençoe