Mostrando postagens com marcador Amplificador com CI. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Amplificador com CI. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 21 de novembro de 2019

Amplificador Classe AB de Alto Desempenho 40 Watts RMS com CI LM2876

Amplificador Classe AB de Alto Desempenho 40 Watts RMS com CI LM2876

Olá a Todos!!!

No post de hoje, iremos montar um circuito Amplificador de potência Classe AB de Alto Desempenho 40 Watts RMS com sistema de mute com o Circuito Integrado LM2876.
O CI LM2876 é um amplificador de potência de áudio de alto desempenho capaz de fornecer 40W de potência média contínua para uma carga de com THD + N a 0,1% de 20Hz a 20kHz.
O desempenho do LM2876, utilizando seu circuito de proteção de temperatura instantânea com auto pico (˚Ke) (SPiKe ), coloca-o em uma classe acima dos amplificadores híbridos e discretos fornecendo uma Área Operacional Segura (SOA) inerentemente protegida dinamicamente. A proteção SPiKe significa que esses as peças são completamente protegidas na saída contra sobretensão, subtensão, sobrecargas, incluindo curtos-circuitos suprimentos, fuga térmica e temperatura instantânea picos.
O LM2876 mantém uma excelente relação sinal / ruído de superior a 95dB (min) com um piso típico de baixo ruído 2,0µV. Apresenta valores extremamente baixos de THD + N de 0,06% a a saída nominal para a carga nominal no espectro de áudio, e fornece excelente linearidade com um padrão IMD (SMPTE) classificação de 0,004%.

Características

  • 40W de potência média contínua de saída em 8Ω
  • Capacidade de potência de saída de pico de 75 W
  • Relação sinal / ruído ≥ 95 dB (min)
  • Uma função de mudo de entrada
  • Proteção de saída de curto para o solo ou para o suprimentos via circuito interno de limitação de corrente
  • Proteção contra sobretensão de saída contra transientes de cargas indutivas
  • Fornece proteção contra subtensão, não permitindo polarização para ocorrer quando | VEE | + | VCC | ≤ 12V, assim eliminando transientes de ativação e desativação
  • Pacote TO-220 de 11 derivações
  • Ampla faixa de fornecimento 20V - 72V

Aplicações

  • Estéreo componente
  • Som compacto
  • Caixa ativo
  • Amplificadores de som surround
  • TVs estéreo de última geração

Disposições dos componentes

O diagrama esquemático está disposto logo abaixo na figura 2, e é bastante simples. Os componentes que estão marcados com "Asteriscos * ", são opcionais, só deverá ser utilizados se a questão qualidade e desempenho como sugerido no título, for importante, porém para utilização com amplificador de Sub-Woofer, ou amplificador de som com poucos critérios de audiófilos, você pode está utilizando sem esses componentes.
Fig 2 - Amplificador Classe AB de Alto Desempenho 40 Watts RMS com CI LM2876
O potenciômetro Pin é de 10k e deve ser logarítmico, é ele quem ajusta a amplitude do sinal de entrada. O capacitor eletrolítico C 10uF é quem desacopla o sinal de entrada. CS é o filtro e o desvio de tensão de alimentação, deve ser pelo menos 1000uF ou maior, com uma classificação de tensão maior que a tensão de alimentação. Se você planeja usar este amplificador em potência mais alta (em torno de seus limites), é recomendável usar um capacitor maior (por exemplo, 4700uF). RA1 91k, RA2 100k, CA1 0,1uF, RM 10K, CM 100uF juntos formam o circuito que mantém a função mudo desativada. O feedback da saída do amplificador (do pino 3), juntamente com o RSN 2,7 ohm, CSN 0,1uF, Rf1 20k, Cf 50pF, Rf2 20k, R1, CI 10uF e Cc 220pF estabiliza a saída e ajuda a manter um ganho de unidade , também é usado para influenciar o amplificador com uma única fonte, o capacitor de saída COUT 4700uF, * L 0.7uH e com o indutor em paralelo, há um resistor de 10 ohms conectado. Esses componentes são utilizados como filtro de saída do amplificador, para não deixar corrente DC nos alto-falantes, também cortam frequências muito baixas e muito altas. Quanto maior o Cout, maior será as baixas frequências, ou seja, mais graves, e quanto maior o valor do indutor * L, menor será a altas frequências. Você pode estar modificando e testando o que melhor se adapta ao seu gostos.

E por hoje é só, espero que tenham gostado!!!

Qualquer dúvida, digita nos comentários que logos estaremos respondendo.

Se inscreva no nosso Blog!!! Click Aqui - FVM Learning

Forte abraço.

Deus vos Abençoe

Shalom

segunda-feira, 4 de novembro de 2019

Amplificador de áudio HI-FI de 1W com CI LM4906

Amplificador de áudio HI-FI de 1W com CI LM4906

Olá a Todos!!!

O LM4906 é um amplificador de áudio de alta qualidade, projetado principalmente para aplicativos exigentes em telefones celulares e outros aplicativos de dispositivos de comunicação portáteis. Ele é capaz de fornecer 1W de potência média contínua a uma carga de 8Ω BTL com menos de 1% de distorção (THD + N) de uma fonte de alimentação de 5V.
O LM4906 é o primeiro amplificador da National Semiconductor Boomer que não requer um capacitor de desvio PSRR (Power Supply Rejection Ratio) externo. O LM4906 também possui um ganho selecionável interno de 6dB ou 12dB. Além disso, não são necessários capacitores de acoplamento de saída ou capacitores de inicialização, o que torna o LM4906 ideal para telefones celulares, pré-amplificadores, amplificador para headphones, e outras aplicações portáteis de baixa tensão.
O LM4906 contém circuitos avançados de pop e click que eliminam o ruído que, de outra forma, ocorreria durante as transições de ativação e desativação.
Os amplificadores de áudio Boomer foram projetados especificamente para fornecer potência de saída de alta qualidade com uma quantidade mínima de componentes externos. O LM4906 possui um modo de desligamento de baixo consumo de energia (através do pino SD). Além disso, o LM4906 possui um mecanismo interno de proteção contra desligamento térmico. Na figura 2 temos o diagrama esquemático do circuito amplificador com Circuito Integrado LM4906, como podemos visualizar, é um circuito bastante simples com apenas 3 componentes o CI LM4906, e dois capacitores de cerâmico. 
Fig. 2 - Diagrama esquemático amplificador com CI LM4906

Especificações


  • PSRR aprimorado em 217Hz para + 3V 71dB
  • Potência de saída em + 5V, THD + N = 1%, 8Ω 1,0W (típico)
  • Saída de potência em + 3V, THD + N = 1%, 8Ω 390mW (típico)
  • Corrente total da fonte de alimentação de desligamento 0.1µA (typ)

Características


  • Ganho selecionável de 6dB (2V / V) ou 12dB (4V / V)
  • Não é necessário capacitores de saída ou bypass PSRR
  • Circuito de supressão aprimorado "Clique e pop"
  • Tempo de ativação muito rápido: 5ms (tip)
  • Componentes externos mínimos
  • Tensão de operação 2.6 - 5.5V
  • A saída BTL pode conduzir cargas capacitivas
  • Modo de desligamento por corrente ultra baixa (SD Low)

Lista de materiais

  • CI 1 ------------------ Circuito Integrado LM4906
  • C1 ------------------- Capacitor cerâmico/poliéster 0.39uF
  • C1 ------------------- Capacitor cerâmico/poliéster 1uF
  • Outros --------------- Alto-Falante, Fios, Soldas e Etc.

E por hoje é só, espero que tenham gostado!!!

Qualquer dúvida, digita nos comentários que logos estaremos respondendo.

Se inscreva no nosso Blog!!! Click Aqui FVM Learning!!!

Forte abraço.

Deus vos Abençoe

Shalom

terça-feira, 29 de outubro de 2019

Amplificador Estéreo 74W RMS 14.4V com CI TDA7375A

Amplificador Estéreo 74W RMS 14.4V com CI TDA7375A

Olá a Todos!!!


No post de hoje, iremos apresentar um circuito Amplificador Estéreo 74W RMS com pouquíssimo componentes externos com o Circuito Integrado TDA7375
O TDA7375A é um amplificador muito utilizado em aparelho de som de carro de classe AB o que garante ótima qualidade, ele é capaz de trabalhar ema configuração DUAL BRIDGE para ou QUAD SINGLE ENDED em sua saída.
A exclusiva estrutura totalmente complementar do estágio de saída e o ganho fixo internamente garantem os mais altos desempenhos de potência possíveis com uma contagem de componentes extremamente reduzida.

Esse é um amplificador dinâmico, pode-se utilizá-lo em pelo menos 3 configurações distintas de montagem:
  • Double Bridge
  • Quad Estéreo
  • Estéreo Bridge
Na figura 2 temos o diagrama esquemático do amplificador TDA7375 em modo Double Bridge, como podemos analisar na imagem, a saída 1 e a saída 2, estão em bridge formando um canal, e o outro canal do mesmo modo unindo-se as saídas 3 e 4 formando também outro bridge, sendo assim um amplificador estéreo em modo bridge.
Fig. 2 - Diagrama esquemático do amplificador TDA7375 em modo Double Bridge
Na figura 3 temos o amplificador em modo Quad Estéreo, como podemos analisar na imagem, as saídas 1, 2, 3 e 4 são independentes tornando o amplificador Quadrifônico.
Fig. 3 - Diagrama esquemático do amplificador TDA7375 em modo Quad Estéreo

Características

  • ALTA CAPACIDADE DE POTÊNCIA DE SAÍDA:
    • 2 x 43W máx. / 4Ω
    • 2 x 37W / 4Ω EIAJ
    • 2 x 26W / 4Ω a 14,4V, 1KHz, 10%
    • 4 x 7W / 4Ω a 14,4V, 1KHz, 10%
    • 4 x 12W / 2Ω a 14,4V, 1KHz, 10%
  • NÚMERO MÍNIMOS DE COMPONENTES EXTERNOS:
    • Sem Capacitores de Booststrap
    • Sem Células de Boucherot
    • Ganho Interno Fixo (26dB BTL)
  • FUNÇÃO ST-BY (Compatível com CMOS)
  • SEM RUÍDOS POPs AUDITIVO DURANTE A OPERAÇÕES DE ST-BY 
  • FACILIDADE DE DIAGNÓSTICO PARA:
    • Clipping
    • Fora do GNDA
    • Saída dos Altos Falantes ao GND
    • Saída suave ao ligar
    • Desligamento térmico automático

Fonte de Alimentação

Esse amplificador tem uma alimentação com fonte assimétrica, ou seja, não precisamos de uma fonte simétrica, podemos utilizar uma bateria de carro ou de No-break, pois esse amplificador pode ser alimentado com tensões que variam entre 8V mínimo à 18V, o que devemos levar em conta, é a corrente necessária para utilização desse tipo de amplificador, então se for utilizar uma fonte CC, podemos utilizar uma fonte que forneça um mínimo de 3.5 Amperes.

Lista de Material modo Double Bridge

  • CI 1 ---------------------- Circuito Integrado TDA7375
  • R1 ------------------------ Resistor 10k ohms - (marrom, preto, laranja)
  • C1, C2 ------------------- Capacitor cerâmico/poliéster 0.47uF
  • C3 ------------------------ Capacitor Eletrolítico 1.000uF - 35V 
  • C4 ------------------------ Capacitor cerâmico/poliéster 100nF
  • C5 ------------------------ Capacitor Eletrolítico 10uF - 35V
  • C8 ------------------------ Capacitor eletrolítico 47uF - 35V
  • C9, C10, C11, C12 ----- Capacitor Eletrolítico 1.000uF - 35V 
  • Outros ------------------- Alto-Falante, Fios, Soldas e Etc.

Lista de Material modo Quad Estéreo

  • CI 1 ------------------ Circuito Integrado TDA7375
  • R1 -------------------- Resistor 10k ohms - (marrom, preto, laranja)
  • C1, C2, C3, C4 ----- Capacitor cerâmico/poliéster 0.22uF
  • C5 -------------------- Capacitor Eletrolítico 1.000uF - 35V 
  • C6 -------------------- Capacitor cerâmico/poliéster 100nF
  • C7 -------------------- Capacitor Eletrolítico 10uF - 35V
  • C8 -------------------- Capacitor eletrolítico 47uF - 35V
  • Outros --------------- Alto-Falante, Fios, Soldas e Etc.

E por hoje é só, espero que tenham gostado!!!

Qualquer dúvida, digita nos comentários que logos estaremos respondendo.

Se inscreva no nosso Blog!!! Click Aqui FVM Learning!!!

Forte abraço.

Deus vos Abençoe

Shalom

quinta-feira, 24 de outubro de 2019

Circuito Amplificador HI-FI 120W RMS com CI LM4780

Circuito Amplificador HI-FI 120W RMS com CI LM4780

Olá a Todos!!!

No post de hoje, iremos tratar do circuito amplificador de audio do tipo Hi-Fi de ótima qualidade com uma ótima resposta de frequência, com o Circuito Integrado LM4780 que é um amplificador de áudio estéreo capaz de fornecer normalmente 60W por canal de potência média de saída contínua em uma carga de com menos de 0,5% THD + N de 20Hz a 20kHz.
O LM4780 é totalmente protegido utilizando o circuito de proteção de temperatura instantânea de auto pico da National (˚Ke) (SPiKeTM). O SPiKe fornece uma Área Operacional Segura (SOA) otimizada dinamicamente. A proteção SPiKe protege completamente as saídas do LM4780 contra sobretensão, subtensão, sobrecargas, curtos nos suprimentos ou GND, fuga térmica e picos de temperatura instantâneos. Os recursos avançados de proteção do LM4780 o colocam em uma classe acima de amplificadores discretos e híbridos.
Cada amplificador do LM4780 possui um opção de mudo com transição suave independente de transição gradual.
Por o LM4780 pode ser facilmente configurado para operação em ponte, iremos utilizar essa configuração para conseguirmos  o total de 120W RMS de saída mono.

Na figura 2 logo abaixo temos a disposição dos componentes do circuito amplificador com o CI LM4780, e como podemos observar, são poucos componentes externos tornando o circuito amplificador muito simples de se montar.
Fig. 2 - Diagrama esquemático do Amplificador Hi-Fi 120W RMS com CI LM4780


Características

  • Proteção SPiKe
  • Poucos componentes externos
  • Modo silencioso fade-in / out mudo
  • Ampla faixa de tensão de alimentação: 20V - 84V
  • Relação sinal-ruído ≥ 97dB (ref. Para PO = 1W)

Alimentação

A alimentação desse amplificador é Simétrica, e podendo variar entre 20V mínimo à 84V, e deve-se levar em conta a corrente necessária para utilização desse tipo de amplificador, devido a potência necessária para atingirmos o nosso objetivo, que é a potência total do amplificador.

no nossos testes foi utilizado um Transformador com center-tape de 45V - 0 - 45V,  com Corrente de 5 Amperes, pode-se utilizar uma corrente menor, até 3 Amperes mínimo, que irá tocar sem muito problemas, nada impede de você utilizar uma tensão maior, ou menor, pois esse amplificador tem uma tolerância quanto a tensão de alimentação, podendo tocar normalmente "com pequenas atenuações na potência de saída" com tensões que variam entre 18V à 55V sem muitos problemas, ele também tem uma ótima estabilidade e podemos utilizar, caso você tenha, uma fonte SMPS, e isso é claro com Center-Tape, ou seja uma fonte com tomada central.

Lista de Material

  • CI 1 ------------------- Circuito Integrado LM4780
  • Ci1, Ci2 ------------- Capacitor eletrolítico 4.7uF - 50V
  • Cin1, Cin2 ---------- Capacitor poliéster 1uF 
  • Cs1, Cs2 ------------ Capacitor cerâmico/poliéster 0,1uF 
  • Cs3, Cs4 ------------ Capacitor Eletrolítico 10uF
  • Cs5, Cs6 ------------ Capacitor Eletrolítico 1.000uF - 50V 
  • Csn1, Csn2 --------- Capacitor cerâmico/poliéster 0.1uF
  • Ri1, Ri2 ------------- Resistor 4.7k ohms - (amarelo, violeta, vermelho)
  • Rin1, Rf1 ----------- Resistor 47k ohms - (amarelo, violeta, laranja)
  • Rm ------------------- Resistor 10k ohms - (marrom, preto, laranja)
  • Rb2 ------------------ Resistor 3.3k ohms - (laranja, laranja, vermelho)
  • Rf2 ------------------- Resistor 51k ohms - (verde, marrom, laranja)
  • Rsn1, Rsn2 ---------- Resistor 2.7 ohms - (vermelho, violeta, vermelho)
  • Outros --------------- Alto-Falante, Fios, Soldas e Etc.

E por hoje é só, espero que tenham gostado!!!

Qualquer dúvida, digita nos comentários que logos estaremos respondendo.

Se inscreva no nosso Blog!!! Click Aqui FVM Learning!!!

Forte abraço.

Deus vos Abençoe

Shalom


segunda-feira, 21 de outubro de 2019

Amplificador para Headphone Estéreo com CI TDA2822

Amplificador para Headphone Estéreo com CI TDA2822

Olá a Todos!!!!

No post de hoje iremos montar um amplificador para Headphone de alta qualidade sonora, com o Circuito Integrado TDA2822 que é um amplificador operacional estéreo de 8 pinos de baixa potência muito utilizado em pequenos aparelhos auditivos. Tem uma qualidade sonora muito boa e entrega em sua saída 250 mW, que é potência suficiente para ser utilizado com um Headphone estéreo.  

O TDA2822 é um amplificador de áudio integrado monolítico em um encapsulamento de linha dupla de plástico de 8 pinos. Ele foi projetado para aplicações de baixa potência de saída. Possui duas entradas e duas saídas que podem fornecer potência de saída de 250 miliwatt. O circuito do amplificador com o CI foi configurado para operação de baixíssimo ruído. 

O diagrama esquemático do circuito amplificador de áudio TDA2822 está disposto na figura 2 logo abaixo, e como podemos observar, temos pouquíssimos componentes externos, tornando um circuito simples para se montar e de um custo benefício bastante alto, dado a sua qualidade de audio e baixo custos dos componentes.
Fig. 2 - Diagrama esquemático Amplificador para Headphone Estéreo com CI TDA2822

CARACTERÍSTICAS

  • Tensão de alimentação operacional ampla: Vcc = 1.8V-12V.
  • Baixa distorção de crossover.
  • Baixa Corrente de repouso.
  • Configuração de ponte / estéreo.
  • Alta facilidade de montagem.

LISTA DE MATERIAIS

CI 1 --------------------------- Circuito Integrado TDA2822
P1, P2 ------------------------- Potenciômetro linear
C1, C2 ------------------------ Capacitor eletrolítico 1μF / 25v
C3, C4, C5 ------------------- Capacitor eletrolítico 100μF / 25V
J1, J2 -------------------------- Jack P2 fêmea estéreo
Diversos ----------------------  Placa Circuito Impresso, estanho, fios, etc.


E por hoje é só, espero que tenham gostado!!!

Qualquer dúvida, digita nos comentários que logos estaremos respondendo.

Se inscreva no nosso Blog!!! Click aqui - FVM Learning!!!

Forte abraço.

Deus vos Abençoe

Shalom

sexta-feira, 11 de outubro de 2019

Amplificador Estéreo 80W RMS Fonte Simples com CI TDA7292

Amplificador Estéreo 80W RMS com TDA7292 + PCI

Olá a todos!!!
Fig. 1 - Amplificador Estéreo 80W RMS

Em alguns Posts anterior, fizemos um amplificador de dois canais estéreo com ótima qualidade na sonorização e com dois canais de 40W + 40W RMS, com fonte de alimentação simétrica, e com placa de circuito impresso.
No Post de hoje, iremos montar um circuito amplificador com o mesmo Circuito Integrado, o que diferencia é que esse utilizará uma fonte simples, não simétrica como no amplificador anterior.
TDA7292 é um Circuito Integrado com saída de áudio duplo de Classe AB, esse CI é um amplificador montado em um pacote Multiwatt. Foi especificamente projetado para alta qualidade aplicações de som, como centros de música hi-fi e aparelhos de TV estéreo.

Características

  • Ampla faixa de tensão de alimentação (8V até ± 33 V)
  • Fonte de alimentação Simples
  • Fornecimento dividido
  • Alta potência de saída 40 W + 40 W em 8 Ω com VS = ± 26 V e THD = 10%
  • Não "pop" ao ligar / desligar
  • Mudo ("pop" livre)
  • Recurso de espera (baixo Iq)
  • Proteção contra curto-circuito
  • Proteção de sobrecarga térmica
A disposição do diagrama esquemático está logo abaixo na Figura 2, pelo qual temos toda a configuração do amplificador com TDA7292.

Lista de Peças

CI 1 --------------------------- Circuito Integrado TDA7292
R1, R2 ------------------------ Resistor 15K (marrom, verde, laranja) 
R3, R6 ------------------------ Resistor 30K (laranja, marrom, laranja)
R4, R7 ------------------------ Resistor 1KΩ (marrom, preto, vermelho)
R5, R8 ------------------------ Resistor 4,7Ω (amarelo, roxo, ouro)
C1, C2, C3 ------------------- Capacitor eletrolítico 1μF / 50v
C4 ----------------------------- Capacitor eletrolítico 100μF / 50V
C5 ----------------------------- Capacitor eletrolítico 1000μF /50V
C6, C10 ----------------------- Capacitor eletrolítico 470μF / 100V
C7, C8, C9 ------------------- Capacitor Cerâmico/Poliéster 0.1μF
Diversos ----------------------  Placa Circuito Impresso, estanho, fios, etc.

Fonte de Alimentação

A fonte de alimentação deve ser de 5 Amperes, com boa filtragem e o melhor, não precisa ser do tipo Simétrica, a tensão mínima é de 8 Volts e máxima de 33 Volts, sabendo-se que utilizando a tensão mínima você não irá atingir a potência máxima do amplificador, pois ele precisa de uma tensão maior para fornecer a potência declarada.


E por hoje é só, espero que tenham gostado!!!
Qualquer dúvida, digita nos comentários que logos estaremos respondendo.

Se inscreva no nosso Blog!!! Click aqui - FVM Learning!!!

Forte abraço.

Deus vos Abençoe

Shalom


sábado, 21 de setembro de 2019

Circuito Amplificador de Potência 50W RMS com TDA2025

Circuito Amplificador de Potência 50W RMS com TDA2025

Olá a todos!!!


No Post de hoje, abordaremos um interessante Circuito Integrado TDA2025 de alta potência configurado em bridge de Classe AB com alimentação simples que fornece 50W RMS em um único encapsulamento e poucos componentes externos, tudo isso com a utilização de fonte simples.
Baseado em um Circuito Integrado projetado originalmente para amplificador de áudio Automotivo ele também é ideal para aplicações em amplificadores residenciais, caixas de som ativos, retornos de palco para instrumentos, caixa para computadores e etc.

O CI TDA2025 combina dois amplificadores de potência em modo bridge configurado em classe AB O resistor interno conectado ao positivo e ao negativo da entrada de tensão, tem a função de fazer o Feedback em Loop, e suas características é de controlar o ganho para cada amplificador setado a 30 dB. As entradas de ganho para os estágios (Pré-amplificador) Inversor e Não Inversor são conectados em paralelo resultando em uma configuração Full Bridge com 36dB de ganho e com características de chaveamento On e Off de alto nível.
Os drives de saída são desenhados para suportar alto falantes de com (Vs < 24V) ou com (Vs < 45V), com correntes de consumo até 4 Amperes.

Um circuito supressor de ruído interno usado em conjunto com um capacitor no pino 5 do CI de 10μF 3V, atenua ruídos gerado pelo excesso de espúrios advindo da entrada de audio ou da fonte de alimentação.
O CI também tem proteção de curto-circuito, tanto para o Vs+ como para Vs-, e ainda dispõe de um circuito de proteção de sobretemperatura, evitando a queima do CI por excesso de temperatura, e um circuito DC interno, evita a queima do CI por curto circuito da saída para o Ground.

Características

  • Alta capacidade de potência de saída:
  • Potência máxima de 51.86W / 8Ω  - 32.15V - THD 0.04%
  • Potência máxima de 51.17W / 4Ω  - 22.09V - THD 0.59%
  • Potência máxima de 96.18W / 8Ω  - 36.06V - THD 9.99%
  • Potência máxima de 60.10W / 4Ω  - 24.02V - THD 10%
  • 4 x 24W / 4Ω @ 13.2V, 1KHz, 10%
  • Baixa distorção
  • Baixo ruído de saída
  • Eficiência de 70% para Pq = 50W, f - 1KHz 
  • Range de frequência entre 20 Hz à 50 Hz
  • Ganho mínimo de 34dB e máximo de 38dB
O digrama esquemático está disposto na figura 2 logo abaixo, e trás a configuração de todos os componentes necessários para o funcionamento do amplificador.
Fig. 2 - Diagrama esquemático Circuito Amplificador de Potência 50 W RMS.

Lista de Peças

CI 1 --------------------------- Circuito Integrado TDA2025
R1, R2 ------------------------ Resistor  (marrom, preto, preto)
C1 ----------------------------- Capacitor eletrolítico 2,2μF
C2 ----------------------------- Capacitor eletrolítico 100μF / 3V
C3 ----------------------------- Capacitor eletrolítico 2.200μF / 40V
C4 ----------------------------- Capacitor poliéster / cerâmico 100nF
C5, C6 ------------------------ Capacitor poliéster / cerâmico220nF
C10 ---------------------------- Capacitor eletrolítico 47μF
Diversos ----------------------  Estanho, fios, etc, fonte alimentação, alto falante.


E por hoje é só, espero que tenham gostado!!!

Qualquer dúvida, digita nos comentários que logo estaremos respondendo.

Se inscreva no nosso Blog!!! Click aqui - FVM Learning!!!

Forte abraço.

Deus vos Abençoe

Shalom


segunda-feira, 2 de setembro de 2019

Circuito Pré-Amplificador HI-FI com CI TL072

Circuito Pré-Amplificador HI-FI com CI TL072

Olá a Todos!!!

No Post de hoje, iremos elaborar um circuito simples de um pré-amplificador com o Circuito Integrado TL072, esse CI é considerado HI-FI, por ter uma baixa relação entre sinal ruído, entregando uma qualidade sonora muito bem definida, com alta fidelidade nos audios, o que é ideal para sistemas de pre-amplificação para instrumentas que necessitam alto qualidades, como guitarras, violões, contra-baixo etc.
Os pré-amplificadores são circuitos sensíveis, pois trabalham com sinais muito pequenos e são sujeitos a ruídos e sinais não desejados, devido a isso, sugerimos que conecte com cabos blindados de boa qualidade para evitar ruídos no circuito. 

O circuito é bem simples de se montar, o que mais devemos levar em consideração é a qualidade do Circuito Integrado que você for adquiri, pois se o CI for de baixa qualidade, não poderemos conseguir qualidades satisfatórias no nosso circuito pré-amplificador, o diagrama esquemático da figura 2 temos as disposições dos componentes, é de suma importância, a colocação dos capacitores de filtros pois eles evitarão ruídos no equipamento. 
Nesse circuito não colocamos o ajuste de ganho com a utilização de um potenciômetro, mais você pode utilizar um de 10K na entrada, se necessário.

Características

  • Baixo consumo de energia
  • Amplas faixas de modo comum e tensão diferencial
  • Baixa polarização de entrada e correntes de deslocamento
  • Proteção contra curto-circuito de saída
  • Distorção harmônica total baixa… 0,003% Typ
  • Baixo Ruído Vn = 18nV ΗΖ Typ em f = 1kHz
  • Alta impedância de entrada ... Estágio de entrada JFET
  • Compensação interna de frequência
  • Operação sem trava

Lista de Peças

CI1 -------------------------------------- Circuito Integrado TL072CP
R1 --------------------------------------- Resistor 100kΩ - (marrom, preto, amarelo)
R2, R3, R4 ------------------------------Resistor 10kΩ (marrom, preto, laranja)
R5 --------------------------------------- Resistor 220kΩ (vermelho, vermelho, amarelo)
R6 --------------------------------------- Resistor 47Ω - (amarelo, violeta, preto)
C1 --------------------------------------- Capacitor Poliéster 1uF
C2 --------------------------------------- Capacitor Poliéster 22uF
C3, C5 ---------------------------------- Capacitor Poliéster 100nF
C4, C6 ---------------------------------- Capacitor Eletrolítico 100µF
J1, J2 ------------------------------------ Plugs P10 Fêmea
Diversos, fios, estanho, placa, etc...


E por hoje é só, espero que tenham gostado!!!

Qualquer dúvida, digita nos comentários que logo estaremos respondendo.

Se inscreva no nosso Blog!!! Click aqui - FVM Learning!!!

Forte abraço.

Deus vos Abençoe

Shalom


sábado, 20 de julho de 2019

Circuito Amplificador 7W a 11W RMS com CI LM383

Circuito Amplificador 7W RMS com CI LM383

Olá a Todos!!!

No post de hoje, apresentamos um amplificador simples de se montar, e com ótima qualidade sonora, e de baixo custo, esse amplificador tem uma potência de 7W à 11WRMS na sua saída, em carga de 4 ou , podendo ser utilizado para muitos fins, tais como, som automotivos, caixas retornos, caixas para estudo de instrumentos, monitores de computadores e tantos outros.
A alta capacidade de corrente (3.5A) permite que o dispositivo acione cargas de baixa impedância com baixa distorção. O LM383 é limitado por corrente e protegido termicamente.
A proteção de alta voltagem está disponível (LM383A), o que permite que o amplificador resista a 40 V transientes em seu fornecimento. O LM383 vem em encapsulamento TO-220 de 5 pinos.

Características

  • Alta capacidade de corrente de pico (3.5A)
  • Grande oscilação de tensão de saída
  • Ganho programável externamente
  • Ampla faixa de tensão de alimentação (5V a 20V)
  • Poucas peças externas são necessárias
  • Baixa distorção
  • Alta impedância de entrada
  • Não há transientes de ativação
  • Proteção de alta tensão disponível (LM383A)
  • Baixo nível de ruído
  • Curto-circuito AC protegido
O diagrama esquemático se encontra logo abaixo na figura 2, é um circuito bastante simples de se montar, e não requer muitos componentes externos, esse amplificador trabalha com carga de 2 à 8 ohms, abaixo descrição dos testes de saída com cargas e tensões diferentes todos testados com a frequência de 1 kHz

Para VS = 13.2V
RL = 4Ω, THD = 10% => Pout = 4.7W
RL = 2Ω, THD = 10% => Pout = 7.2W

Para VS = 16V
RL = 4Ω, THD = 10% => Pout = 7W
RL = 2Ω, THD = 10% => Pout = 10.5W
Fig. 2 - Diagrama Esquemático Circuito Amplificador


E por hoje é só, espero que tenham gostado!!!

Qualquer dúvida, digita nos comentários que logos estaremos respondendo.

Se inscreva no nosso Blog!!! Click aqui - FVM Learning!!!

Forte abraço.

Deus vos Abençoe

Shalom


quarta-feira, 3 de julho de 2019

Circuito Amplificador Stereo HI-FI 20W RMS com CI TDA2009A + PCI

Circuito Amplificador Stereo HI-FI 20W RMS com CI TDA2009A + PCI 

Olá a Todos!!!

No post de hoje, nós abordaremos o Circuito Integrado Amplificador TDA2009A  que é um amplificador de potência de áudio Hi-Fi de classe AB estéreo montado em um único encapsulamento Multiwatt, especialmente projetado para aplicação estéreo de alta qualidade como Hi-Fi e centros de música, caixas monitores e etc...

CARACTERÍSTICAS

  • Alta potência de saída (10 + 10w min. @ d = 1%)
  • Capacidade atual elevada (até 3.5a)
  • Proteção contra curto circuito
  • Proteção de sobrecarga térmica
  • Espaço e economia de custos: muito baixo
  • Número mínimo de componentes externos
  • E simples montagem graças ao encapsulamento Multiwatt
O Circuito Integrado TDA2009A pode acionar alto-falantes tanto de 4Ω com em 8Ω na saída estéreo, e é projetado para operar com fonte simples com voltagem entre 8V a 28V. O diagrama esquemático está disposto na figura 2 onde temos a disposições dos componentes e suas ligações.
Figura 2 - Circuito Amplificador Hi-Fi TDA2009A

APLICAÇÕES

  • Monitores de Audios Hi-Fi
  • Som Estéreo
  • Mini Retornos
  • Caixas para computadores
  • Sistema de audio portátil
Estamos dispondo para Download os materiais necessários para quem deseja montar com a PCI - Placa de Circuito Impresso, os arquivos em PNG, PDF e arquivos GERBER para quem deseja enviar para impressão.

Download:


Lista de Materiais

CI 1 --------------------------- Circuito Integrado TDA2009A
R1, R3 ------------------------ Resistor 1.2K (marrom, vermelho, vermelho)
R2, R4 ------------------------ Resistor 18 ohms (marrom, cinza, preto, ouro)
R5, R6 ------------------------ Resistor ohms (marrom, ouro, ouro)
C1, C2 ------------------------ Capacitor Poliéster 2.2μF / 16V
C3 ----------------------------- Capacitor eletrolítico 22μF / 25V
C4, C8, C9 ------------------- Capacitor eletrolítico 0.1μF
C5 ----------------------------- Capacitor eletrolítico 100μF / 25V
C6, C7 ------------------------ Capacitor Poliéster 220μF / 25V
C10, C11 --------------------- Capacitor eletrolítico 2200μF / 25V
B1 ----------------------------- Conector Placa-Cabo 3 Pinos
B2, B3 ------------------------ Conector Placa-Cabo 2 Pinos
Diversos ---------------------- Placa Circuito Impresso, estanho, fios, etc.


E por hoje é só, espero que tenham gostado!!!

Qualquer dúvida, digita nos comentários que logos estaremos respondendo.

Se inscreva no nosso Blog!!! Click aqui - FVM Learning!!!

Forte abraço.

Deus vos Abençoe

Shalom

terça-feira, 2 de julho de 2019

Circuito Amplificador 1W RMS com Controle de volume DC com CI TDA7052A/AT + PCI

Circuito Amplificador 1W RMS com Controle de volume DC com CI TDA7052A/AT + PCI

Olá a Todos!!!
No post de hoje, iremos apresentar o Circuito Integrado TDA7052A/B/AT, que são amplificadores de saída mono BTL com Controle de volume DC, projetado para uso em TV, caixas monitores, amplificador para Headphones, mas também adequado para gravadores portáteis alimentados por bateria e rádios.
Nos circuitos de volume DC convencionais, o controle ou estágio é AC acoplado ao estágio de saída via externa capacitores para manter a tensão de offset baixa.
No TDA7052A / AT, o estágio de controle de volume DC é integrado no estágio de entrada para que nenhum acoplamento capacitores são necessários e ainda uma baixa tensão de compensação é mantido. Ao mesmo tempo, a oferta mínima permanece baixo.

O princípio da BTL oferece as seguintes vantagens:

  • menor valor de pico da corrente de alimentação
  • A frequência da oscilação na tensão de alimentação é duas vezes a frequência do sinal.

Características

  • Controle de volume DC
  • Poucos componentes externos
  • Modo mudo
  • Proteção térmica
  • Proteção contra curto-circuito
  • Sem cliques de ativação e desativação
  • Boa estabilidade geral
  • Baixo consumo de energia
  • Baixa radiação de alta frequência
  • ESD protegido em todos os pinos

Limitador de corrente Ausente (MCL)

Um circuito de proteção MCL está embutido. O circuito MCL é ativado quando a diferença de corrente entre o terminal de saída de cada amplificador excede 100 mA (típico 300 mA). Este nível de 100 mA permite fone de ouvido aplicações (single-ended) "Sinal não balanceado".
Assim, uma fonte de alimentação reduzida com capacitores menores pode ser utilizado, o que resulta em economia de custos.
Para aplicações portáteis, há uma tendência de diminuir o tensão de alimentação, resultando em uma redução da potência de Estágios de saída convencionais. Usando o princípio BTL aumenta a potência de saída.
O ganho máximo do amplificador é fixado em 35,5 dB.
O estágio de controle de volume DC possui um controle logarítmico característica.
O ganho total pode ser controlado de 35,5 dB a -44 dB. E se a tensão de controle de volume CC está abaixo de 0,3 V, o dispositivo muda para o modo mudo.
O amplificador é à prova de curto-circuito à terra, VP e através da carga. Também um circuito de proteção térmica é implementado. Se a temperatura do cristal subir acima +150 ° C, o ganho será reduzido, então a potência de saída é reduzido.
Atenção especial foi dada para ligar e desligar para evitar os cliques de, baixa Radiação e de alta frequência, esse CI é dotado de uma boa estabilidade no contexto geral.

O diagrama elétrico do circuito Amplificador com TDA7052A está disposto na figura 1 abaixo, nele podemos visualizar todos os componentes e suas ligações, o potenciômetro P1 de 1 Mega, é quem controla o volume de entrada de audio do amplificador, nos CI's amplificadores convencionais, o controle ou estágio de nível sonoro são feito via potenciômetro conectado a entrada AC que aterram a entrada do CI ao terra, já no Circuito Integrado TDA7052A o estágio de controle de volume DC é integrado no estágio de entrada para que nenhum capacitor de acoplamento seja necessários e ainda uma baixa tensão de compensação é mantido. Ao mesmo tempo, a oferta mínima permanece baixo.

Figura 2 - Diagrama Esquemático Circuito Amplificador com TDA7052

Lista de Material
  • CI -------------------- Circuito Integrado TDA7052A/B/AT
  • R1 ------------------- Resistor 5K ohms - (verde, preto, laranja)
  • C1 –------------------ Capacitor poliéster 0.47 uF
  • C2 ------------------- Capacitor eletrolítico 1 uF - 25V
  • C3 ------------------- Capacitor eletrolítico 2200 uF - 25V
  • C4 ------------------- Capacitor poliéster 100 nF
  • P1 ------------------- Potenciômetro linear ou logarítmico 1 Mega ohms
  • B2, B2, B3 --------- Bornes de encaixe 2 vias tipo soldável
  • Outros -------------- Fios, Soldas, Placa, Etc.

Estamos dispondo para Download os materiais necessários para quem deseja montar com a placa sugerida os arquivos em PNG, PDF e arquivos Gerber para quem deseja enviar para impressão.


Arquivos para Download:
Link direto: Arquivos PNG, PDF, GERBER


E por hoje é só, espero que tenham gostado!!!

Qualquer dúvida, digita nos comentários que logos estaremos respondendo.

Se inscreva no nosso Blog!!! Click aqui - FVM Learning!!!

Forte abraço.

Deus vos Abençoe

Shalom


segunda-feira, 13 de maio de 2019

Teste de Potência e Distorção Kit Ativação Caixas Multi-vias D-Class 1500W RMS

Teste de Potência e Distorção Kit Ativação Caixas Multi-vias D-Class 1500W RMS


Olá a todos!!!

Nós adquirimos esse Amplificador Dclass de 1500W, para nosso projeto de caixa trio que estamos montando, se você deseja acompanhar, link abaixo:
Projeto - Caixa profissional 3 Vias de qualidade "Decente" - Parte 1 - Escolha dos Componentes!


A princípio a ideia é aplicar um sinal senoidal de 1Khz, na entrada do kit amplificador através de uma mesa de som, que serve para aumentar a sensibilidade de saída do gerador.
A mesa servirá para regular esse sinal aplicado, pois existem uma certa variação para cada fabricante. Os mais sensíveis (com 0,5Volt) ou 500mVpp, até os menos sensíveis (com 1,5Volt) ou 1500mVpp.
Como não dispomos de nenhuma informação acerca da sensibilidade de entrada desse amplificador, iremos aplicar por padrão 1Vpp.
Iremos ligar uma carga resistiva na saída do amplificador, para podermos analisar a potência de saída, nossa resistência é de 5.3 Ohm.
Nosso multímetro é True RMS, que é necessário para medir a saída em RMS.
Com o outro multímetro iremos monitorar a temperatura dos transistores de saída do amplificador, caso haja sobreaquecimento, ou qualquer outra coisa.
O Osciloscópio será ligado também para analisarmos o sinal aplicado na entrada e verificar se houver distorção na onda senoidal, iremos utilizar o multímetro  True RMS, junto com o Osciloscópio para garantir que não haja engano, interferências etc.
Iremos testar o volume de entrada e variar esse volume para analisar o comportamento do amplificador.
Iremos utilizar um teste em série, isso serve para resguardar nossa segurança e a integridade do equipamento se houver algo errado.

Você pode aprender como fazer um com seleção de potência aqui nesse link:

Vamos variar o potenciômetro de entrada de sinal para mais e para menos e analisarmos no osciloscópio o comportamento do mesmo.

Os resultados foram:
Aplicando 1.5Vpp na entrada à 1Khz.
Até 32V de saída ---- Sinal Aceitável

Observamos que o sinal de entrada com o amplificador ligado, gera muitos espúrios no sinal de entrada, sendo necessário nós termos que desligar o amplificador para podermos analisar a senoide de entrada.

Aplicando 1Vpp na entrada à 1Khz,
Até 33V na saída ----- Sinal com algumas distorções
Até 37V na saída ----- Sinal Triangular com borras na crista da onda
Até 41V na Saída ----- Pura distorção

O máximo sinal que conseguimos com o sinal sem distorção, é 30V, passando disso temos muitas distorções, e mudanças do sinal.

Quando aplicamos o volume máximo com um sinal maior, o equipamento aciona o LED indicador de clip, nesse caso estamos com 49V na saída.

O máximo sem clipar, mesmo com o sinal sujo é de 48 Volts
Fizemos os cálculos da potência até clipar, não estou falando sem distorcer, estou falando até Clipar:
Até 48V na carga resistiva que é de 5.3Ohms, ficamos:
48V^2 / 5.3 = 434.71W
Para quem diz em sua descrição 1500W RMS, está longe de ser verdade.

Medindo sem distorção aparente e com sinal ainda triangulado:

Até 34V na carga resistiva de 5.3Ohms
34V^2 / 5.3 = 218W RMS.


Depois dessa grande decepção, podemos concluir que não vale a pena comprar um kit desses para seu projeto, existe centenas de esquemas elétricos de amplificadores inclusive em nosso site, que com certeza supera em muito esse kit da D-class.


Para um teste completo, assista o vídeo em nosso canal

Teste de Potência e Distorção Kit Ativação Caixas Multivias D-Class 1500W RMS



E por hoje é só!!!

Qualquer dúvida, digita nos comentários que logos estaremos respondendo.

Se inscreva no nosso Blog!!! Click aqui - FVM Learning!!!

Forte abraço.

Deus vos Abençoe

Shalom

Unboxing - Especificações Kit Ativação Caixas Multi-vias D-Class 1500W RMS

Unboxing - Especificações Kit Ativação Caixas Multi-vias D-Class 1500W RMS

Olá a todos!!!

Fizemos o Unboxing do Kit de Ativação para Caixas Multi-vias da D-Class 1500W RMS e mostraremos as suas especificações detalhada para você entender as vantagens e desvantagens de adquirir esse tipo de equipamento.

Esse é um Kit para caixas acústicas do tipo grave, médio e agudo, conhecidas também como full-range.  Pode ser aplicado em uma grande infinidade de caixas, como trapezoidais, line arrays, retornos de palcos, side fill, e demais modelos.

Segundo o fabricante, este tipo de ativador não serve para caixas de sub graves.

No painel teremos:

Botão  liga/desliga com sinalização luminosa
Led indicador de funcionamento
Entrada AC
Fusível de proteção
Uma entrada P10 balanceada com controle de volume independente
Uma entrada XLR balanceada com controle de volume independente
Uma saída XLR para link de áudio
Uma saída SPEAK-ON para conexão de caixa escrava.
Equalizador de três vias, agudo médio e grave com 15 db de variação.
Filtro sub sônico com corte em 30 Hz
Tamanho do painel: 191 x 140 mm

Vem também com um pequeno folder com algumas instruções passo a passo de instalação do amplificador e algumas recomendações, o folder vem escrito frente e verso, e os telefones para entrar em contato com eles

O módulo vem com a fonte de alimentação  integrada, ou seja, na mesma placa você terá o amplificador e a fonte que tem alimentação bi-volt 110/220 automático, temos também o 
cooler para resfriamento, na parte de baixo, a base é toda em alumínio, tem um dissipador para os chaveadores da fonte e um dissipador na parte de baixo onde tem os transistores de saída estão. 

Esse módulo é de um canal mono, o  amplificador é do tipo classe D, com saída de  1500 watts RMS em carga mínima de 4 ohms ou 750 watts em 8 ohms, “Isso tudo - Segundo o Fabricante”.

Com resposta de frequência de 30 Hz a 30 Khz 
Distorção: de 0,10% a 75% da máxima potência
Relação sinal ruido: 95%
Fator de amortecimento: maior que 200 em carga de 4 ohms
Tamanho do módulo: 250 x 157  mm

O painel e o módulo em minha opinião são bem construídos, não é um design de primeira linha, mas não faz feio, a  construção da placa de Circuito impresso é bem aceitável, porém sabemos que não podemos esperar um HI END desse kit ativador.
A entrada de energia é bi-volt, 110 ou 220 volts, a chave de liga desliga é retro-iluminada, tem um Speak-on, para caixa externo, na parte detrás do painel tem a placa, o terra da energia é ligado ao terra da entrada de microfone, que são interligadas, a saída para o alto falante é feito através de um para de fios preto e vermelho, que é interligado ao speak-on da saída para caixa externo.
O módulo é bem acabado, os fios que vem do painel estão nomeados na placa, os transistores de saída estão localizados na parte inferior da placa junto com o dissipador da base da placa.

Realizamos o teste de Potência e de Distorção desse kit Amplificador, para você que deseja saber mais, acesse ao link abaixo:


Para você deseja acompanhar, nós fizemos um vídeo completo para mais detalhes.



E por hoje é só!!!

Qualquer dúvida, digita nos comentários que logos estaremos respondendo.

Se inscreva no nosso Blog!!! Click aqui - FVM Learning!!!

Forte abraço.

Deus vos Abençoe

Shalom